Touro
Touro
de 21 de abril a 20 de maio

Posição no Zodíaco: de 31 a 60 graus.
Elemento: terra.
Temperamento: melancólico.
Personalidade: Calmo, obstinado, suporta qualquer coisa contanto que possa alcançar um resultado positivo. Seus sentimentos são profundos e estáveis, e em tudo segue o ditado "devagar e sempre" - Por meio do raciocínio consegue compreenderascoisasesóseocupadaquiloque está ao seu alcance. É muito generoso, embora seus gestos sejam tímidos, mesmo no plano afetivo. São amantes ou amigos excelentes e estáveis, mas devem ter consciência de que há neles uma tendência à possessividade que pode prejudicar as relações..
Clima favorável: temperado e seco, com brisas leves. Muita luminosidade e calor moderado. Devem evitar a umidade, a neblina e a chuva.
Animais: touro, pomba, foca.
Plantas e flores: murta, buxo, lírio e rosa.
Pedra: safira azul e, algumas vezes, esmeralda.
Perfume: rosa.
Metal: cobre.
Cor: verde-claro e cor-de-rosa.
Dia de sorte: sexta-feira, número de sorte: 6.

Depois de Áries, primeiro signo do Zodíaco, que corresponde ao período fetal e ao nascimento, vem Touro, que representa a primeira infância. O signo de Touro está associado à fase da oralidade, isto é, o período no qual se toma conhecimento do mundo pelas sensações provenientes da boca. Anatomicamente, o sígno de Touro corresponde à garganta, às cordas vocais, ao maxilar inferior, ao pescoço e às orelhas. Nos taurinos adultos não evoluídos, a oralidade não superada faz com que os indivíduos não comam para viver, mas vivam para comer. Evoluído ou não, entretanto, o tauríno dificilmente renunciará aos prazeres da mesa. Ele procura o prazer em todas as suas formas, da natureza ao sexo, e tudo o que é belo o comove. É um epicurista, mas controlado. Apesar da força dos instintos, prevalece o senso prático dos signos da Terra. O materialismo do taurino nunca é um fim em si, mas um meio para realizar seus desejos, que são, basicamente, segurança psicológica e tranqüilidade econômica. É fundamentalmente um indivíduo tradicionalista, e por isso quer se casar e ter filhos. E nisso reflete-se o signo zodiacal. Na mitologia, o touro, a vaca ou o boi, três versões diferentes deum mesmo símboio, sempre foram importantes figuras sagradas, representando a vida, a nutrição, a fertilidade e a maternidade.
E é precisamente com a Lua que o signo de Touro tem um forte vínculo, pois, durante seu trânsito taurino, a Lua está em exaltação. Por isso, em Touro são valorizadas todas as qualidades positivas deste astro: a maternidade, a sensibilidade e a intuição. O signo de touro é também o domicilio de vênus, planeta do amor, da arte e da beleza.
Esses dois astros marcam a sexualidade taurina, na qual se juntam o amor e a fertilidade, ambos necessários para perpetuar a vida. Os taurinos são passionais e românticos, e os tipos evoluídos conseguem viveros seus instintos sem reprimi-los, mas sublimando-os no amor verdadeiro ou na intelectualidade. Por outro lado, os taurinos menos evoluídos reprimem seus instintos e se "castram", provocando o surgimento de neuroses, puritanismos e frigidez. A não evolução é neste signo mais prejudicial do que nos outros, pois a inteligência taurina é formada pela experiência lentamente elaborada, como o ruminante que mastiga seu alimento durante muito tempo. Por isso, o taurino que limitar a vida ao âmbito familiar, dificilmente consegue evoluir. E mesmo passando por muitas e variadas experiências, mantém-se moralista e obstinado. Como os outros signos, Touro também tem sua origem na mitologia, no mito de Europa, filha de Agenor, rei da Fenícia, que foi raptada por Júpiter na forma de um belíssimo touro, Depois que o deus a amou, ela gerou Minos, o rei de Creta, personagem com o qual o mito torna a se repetir. O neto deste rei, Mínos, casou-se com Pasífae, que, instígada por Netuno, teve relação com um touro branco enviado por ele para o sacrifício. Da união de Pasífae e o touro nasceu o minotauro, monstro com corpo de homem e cabeça de touro, que foi confinado por minos num labirinto. Mas como a cada ano o Minotauro devorava sete crianças, Teseu, filho do rei de Atenas, resolveu matá-lo, entrando no labirinto. Com a ajuda de Ariadne, filha de Minos, que dá a Teseu um fio para que não se perca no labirinto, o herói consegue mataro monstro. Na símboiogia do mito, Teseu é o símbolo do Touro que mata os instintos negativos que tem dentro de si sublimando-os no amor e escapando do "labirinto" do inconsciente graças à relação entre o consciente e a alma(simbolizada por ariadne). Dessa maneira, o mito indica a psicologia profunda do taurino, que supera a fase edipiana para entrar numa outra fase mais madura, na qual predomina o amor, situação simbolizada por Ariadne, que "trai" o pai, Minos, por amor a Teseu.

TOURO e a saúde

A saúde do taurino depende de uma boa alimentação. A garganta e a parte superior do aparelho respiratório são seus pontos fracos. De acordo com a Astrologia tradicional, o signo de Touro governa a garganta. No entanto, estudos recentes, mais aprofundados, permitiram estabelecer "correspondências" entre os primeiros dois graus do signo e a hipófise, a mais importante das glândulas de secreção interna. Os primeiros dez graus de Touro estão relacionados ao metabolismo em geral. Os dez seguintes relacionam-se à laringe, e os últimos dez correspondem à faringe e às cordas vocais.

Características físicas

Em geral, o nativo de Touro tem altura mediana, corpo robusto, pescoço curto, ombros largos e mãos grandes. A ossatura é sólida, a pele é resistente e, nos homens, a musculatura é bem desenvolvida. O taurino costuma andar com passos curtos e o corpo ereto. No conjunto, os traços são harmoniosos e esteticamente agradáveis. No rosto, sobressaem os lábios grossos, a boca em geral grande e o queixo volumoso.

Pontos fracos

Em linhas gerais, as doenças às quais o nativo de Touro está mais sujeito são aquelas relacionadas à garganta e à parte superior do aparelho respiratório. As crianças do signo costumam ter problemas com as amígdalas, tais como infecções, inflamações, etc. Os nativos do primeiro decanato (de 21 a 30 de abril) têm tendência à retenção de líquidos, o que geralmente provoca obesidade.
Eles também devem tomar cuidado com os problemas de audição. Os nativos do segundo decanato (de 1 a 10 de maio) têm as características gerais do signo, enquanto os do terceiro decanato (de 11 a 20 de maio) sofrem freqüentemente de afonia e rouquidão, pois um de seus pontos fracos são as cordas vocais. A vista é outro ponto fraco do taurino, o que se justifica pela presença, nos últimos dez graus do signo, de uma estrela fixa, Alcíone (astronomicamente chamada Eta de Touro), que influi negativamente sobre a visão.
Também são freqüentes nos nativos de Touro as doenças relacionadas à ai imentação inadequada ou excessiva: obesidade, diabete, hemorroidas, úlcera, e não são raros os estados de anemia. Ao nível endócrino, há certa tendência ao hipotireoidismo, o que invariavelmente faz com que o metabolismo se torne mais lento. Isto se revela sobretudo na lentidão das reações mentais e motoras dos taurinos.
Na prática, os nativos do signo podem gozar de boa saúde se conseguirem controlar sua tendência ao exagero no beber e no comer, adotando uma alimentação pobre em gorduras saturadas e sem condimentos muito fortes.

A personalidade de TOURO

Seu objetivo na vida é a procura o prazer, material ou espiritual. Mas, generoso por natureza, essa busca se transforma em coisas positivas, para ele e para os outros. O traço fundamental da natureza do nativo de Touro é a procura do prazer. E, embora essa busca possa assumir formas variadas, ou mesmo estar mascarada de muitas maneiras, ela sempre está presente. O que dá ao taurino o gosto pela vida, o que o move, é a sensação de bem-estar e satisfação, sensação que alguns encontram no plano material, enquanto outros o fazem no plano espiritual.
Quando se observam as influências que os elementos astrológicos exercem sobre os nativos de Touro, pode-se ver que o planeta Vênus está em seu domicíIio noturno e Júpiter em exaltação, enquanto há uma combinação do elemento Terra, do gênero feminino e da segunda casa zodiacal, conjunção de aspectos que dá os seguintes traços fundamentais: grande afetividade, sensoestético, força, solidez e valorização dos bens materiais. O lado positivo dessa combinação nos dá o perfil psicológico de uma pessoa que vive em função do amor, e que realiza esse amor por meio de manifestações tangíveis, que é digna de toda confiança e nunca comete ações imprudentes. O lado negativo dessa combinação dá uma pessoa cujas experiências se restringem aos sentidos e que julga essas experiências apenas segundo o prazer que possam proporcionar, limitando assim qualquer outro tipo de julgamento.
O dualismo inerente à natureza humana colocao taurino entre dois pólos opostos: o prazer enquanto meio e o prazer enquanto fim. Quando prevaleces primeira relação, temos um indivíduo que usa as boas coisas da vida com fins positivos, mas, quando prevalece a segunda, com certezaencontraremosuma pessoaobcecada em usufruir os bens materiais e nada mais.
O desenvolvimento harmônico da personalidade do taurino depende totalmente do modo como concebe e encara o prazer. E isso, lógico, depende da educação que recebeu. Se teve uma educação repressiva, dificilmente conseguirá aceitar a si mesmo e a seus impulsos mais profundos. Isso provocará sentimentos de culpa todas as vezes que ele se encontrar diante de situações ou coisas que possam atraí-lo, pois sua consciência julgará tudo isso errado. Pode surgir, então, um mecanismo de autopunição sob as mais diversas formas. Uma das mais comuns é sobrecarregar-se de trabalho, exaltando ao máximo uma qualidade indiscutivelmente positiva, mas que na realidade não pode funcionar como compensação. Outra forma freqüente de autopunição é o aumento excessivo do senso de dever. Nesses casos, o taurino tende a se responsabilizar por tudo o que acontece a seu redor, inclusive pela segurança dos outros. Esses são os taurinos paternais, que gostam de desempenhara papel de"salvador"e guia dogrupo ao qual pertencem.
De forma contrária, o taurino que vive seu amor pelo prazer sem se sentir culpado pode chegar a ser uma pessoa indulgente demais em relação a seus próprios impulsos. Então, ele vai buscar a segurança de que precisa, a realidade palpável sem aqual não podeviver, precisamente nas sensações, e passa a explorar todos os tipos de prazer do corpo e do espírito. Não vai deixar de lado nenhuma experiência que possa dar a ele algum tipo de prazer. Em conseqüência, toda essa liberdade acaba atrapalhando-o.
Assim como o tipo reprimido tenta se reequilibrar acentuando em demasia suas qualidades positivas, o taurino liberado tenta fazer o mesmo exaltando os próprios defeitos. Temos então um indivíduo lento, preguiçoso, que dá a impressão de não ser muito inteligente e de ter o prazer como único objetivo na vida. Comportando-se desse modo, ele tenta satisfazer sua necessidade física de afeto, sem a qual não pode viver. Evidentemente, nenhuma pessoa real corresponde integralmente a essas descrições.
Todos os taurinos têm traços das duas categorias, combinados de forma diferente. E isso constitui justamente o seu dilema, já que as duas personalidades são opostas e, portanto, confiitantes. Por isso, o taurino encontrará a paz na síntese da aceitação e da sublimação do prazer.
Quando o nativo de Touro consegue aceitar sua sensualidade e, ao mesmo tempo, fazer com que ela não entre em confIito com a sua consciência, ele consegue dar um grande passo em direção à serenidade. Dessa maneira, pode satisfazer sua tendência ao prazer e, ao mesmo tempo, ter a sensação de que está dominando sua libido. Mas, se nesse momento alguém tentar fazer com que tome consciência do mecanismo que está utilizando, tudo vai por água abaixo porque ele não poderá suportar a realidade. Esse é o único fato com o qual o taurino não tem condições de lidar, e ele sempre tentará se defender, pois sabe muito bem que essa verdade é a única coisa que pode destruí-lo totalmente. Por isso não é raro encontrar taurinos que passam a vida entre a depressão e a felicidade mais completa. Os estados depressivos são provenientes de seu sentimento de culpa, enquanto os estados de euforia estão ligados à sua força, e acontecem quando ele supera a culpa por meio da auto-afirmação. Em outras palavras, a personalidade de Touro oscila sempre entre o materialismo e o idealismo, e essa oscilação constitui o dilema de sua vida.
Voltando à interpretação astrológica e à sua simbologia, encontramos o planeta Vênus com domicílio num signo de Terra: o segundo do zodíaco e que, tradicionalmente, governa os bens materiais. Isso dá como resultado uma personalidade na qual prepondera a afetividade em todas as suas manifestações, do sexo ao dinheiro, O elemento Terra acentua ainda mais essa tendência básica, ligando-a ao prazer físico, enquanto a segunda casa abriga com harmonia essa união. Para completar o quadro, temos a influência de júpiter, que indica o caráter moral superior, tudo o que há de bom e generoso na natureza humana.
Ainda no plano da combinação simbólica dos elementos astrológicos, temos indivíduos orientados em direção à terra ou em direção ao céu, pois, embora o elemento seja Terra, há a influência exercida pelo planeta Júpiter, que é o verdadeiro equilibrador da personalidade de Touro.
Alegoricamente,júpiter também representa o pai dos deuses e, por extensão, o pai de toda a humanidade, aspecto também relacionado ao touro, animal fecundador. Por isso, a figura do pai é, para os taurinos, muito importante.
Embora a necessidade de posse do taurino esteja relacionada ao elemento Terra, pois ela é mãe e útero fértil, essa característica também tem outro aspecto, ligado à figura do pai. Assim, o Touro não se encontra à vontade no "útero protetor da mãe" mas sim no útero fecundado pelo sêmen do animal macho.

TOURO e o trabalho

Materialista e perseverante, o taurino leva o 
trabalho muito a sério e nele encontra uma 
verdadeira fonte de realização. Embora 
possessivo, gosta de trabalhar em grupo e  
dedica  toda sua energia à concretização de 
seus projetos.

As profissões que parecem atrair mais os taurinos são as ligadas às artes, à engenharia e à medicina. Isso se explica a partir de três traços fundamentais do caráter dessas pessoas: o amor pela beleza, a necessidadedecoisasconcretaseagenerosidade para com o proximo.
O primeiro traço está relacionado à presença do planeta Vênus, o segundo deve-se basicamente ao elemento Terra e o terceiro, à exaltação de Júpiter, que é o planeta da generosidade. Tomado sem conjunto, formam uma personalidade que tende a construir algo belo com fins altruístas. Nessa síntese está todo o sucesso dos nativos de Touro, ajudados pela perseverança e pela objetividade, características de sua natureza.
Dificilmente encontraremos um nativo de Touro que não pense no sucesso. Seu desejo pelo poder fará com que considere o êxito no campo profissional como uma das prioridades de sua vida. Se o destino colocar no caminho do taurino obstáculos que o impeçam de realizar os objetivos que estabeleceu, ele se sentirá prof lindamente frustrado. Para ele, tudo e todos fazem parte de seu grande projeto profissional, e para alcançá-lo não mede esforços. Em geral, seus projetos são de grande porte, e o taurino dedica-se a eles com uma paixão e um amor exclusivos. É incapaz de trabalhar sem se entregar de forma total àquilo que faz. Sua possessividade não se manifesta unicamente no fato de não permitir que aqueles que com ele trabalham se preocupem com outra coisa mas também na devoção incondicional com que se entrega à ocupação que escolheu.
Mas essa ocupação ou esse projeto devem ter possibilidades efetivas de realização, e também devem dar ao taurino uma recompensa de caráter econômico. O taurino que ganha mal trabalha mal, e acaba se desinteressando. Afasta-se de qualquer atividade, mesmo já iniciada, se não houver nela a chance de obter resultados concretos, como dinheiro ou prestígio.
No entanto, o prestígio não serve para aIimentar sua vaidade, como acontece com os leoninos, mas sim para confirmar uma vez mais seu controle sobre a situação, um dos seus traços mais característicos.
De tudo isso, deduz-se que, em termos gerais, o nativo de Touro se adapta a trabalhos em que possa construir, criar, elaborar, e nos quais haja espaço de manobra. Por causa de sua dedicação e de seu esforço, exige de si mesmo e dos outros toda a energia necessária para que qualquer projeto seja realizado com perfeição. Se o taurino dedicar-se à pintura, será um ótimo paisagista. Se preferir escrever, será um ótimo ensaísta ou historiador. Se for médico, dará livre curso à sua generosidade instintiva e se realizará totalmente ao saber que está fazendo algo útil.

TOURO e o amor

O taurino, ao lado do canceriano, é o melhor pai ou mãe do Zodíaco, assim como, em geral, é também considerado o melhor cônjuge. Porém, sua disponibilidade afetiva depende de ter resolvido sua relação com a própria mãe, pois em Touro a lua está em exaltação, e este planeta simboliza a mãe e a maternidade. Por isso, o taurino costuma carregar os resquícios de uma fase edipiana mal superada, o que explica a demora que freqüentemente tem para se casar, embora deseje o casamento desde a adolescência. Além disso, e por mais contraditório que pareça, o romantismo do taurino também podeserumadas razões dessa demora: ele tem de pensar muito antes de dar o grande passo, para ter certeza de que fez a escolha certa.
O nativo de Touro demora para entregar-se ao amor, assim como é igualmente lento para conceder seu afeto e sua amizade. Embora pareça estar sempre disponível, nunca o está totalmente, e no fundo sempre desconfia um pouco. Essa atitude só não se aplica aos filhos, que o taurinoama já antesde nascerem, acimadetudo e de todos. No entanto, isso não significa que se feche para as outras pessoas.
Os contrastes divertem o taurino, e nessas situações ele revela seu grande senso de humor. Mas é no amor que o nativo de Touro concentra grande parte de sua energia, pois tem necessidade de amar tudo, desde a natureza atéa comida. Em conseqüência disso também costuma ser ciumento e possessivo em relação a tudo e, às vezes, se apega tanto às suas coisas que se torna materialista demais.
É generoso em certos casos - gosta de dar presentes, por exemplo - mas também é mesquinho em outros, porque é prudente e não quer ser pego de surpresa. Embora tenha grande capacidade de amar e ser tolerante, o taurino pode romper relações com amigos e colegas de repente, quando desconfia de algo.
Ao lado de Escorpião, Touro é um dos signos mais ciumentos e possessivos: dá muito amor, mas exige receber o mesmo em troca. Porém, diferente do escorpiano, que é vingativo, Touro sabe perdoar. Em geral, é fiel, mais por preguiça do que por castidade. Na verdade, ele procura um lar confortável e a tranqüilidade de hábitos e pessoas que já conhece. Embora sua possessividade possa estragar alguns relacionamentos, o taurino tem capacidade de resolver esse problema. Basta que seja consciente dessa tendência e tente controlá-la quando a situação o exigir.

O amor de TOURO com...

Áriesé uma combinação interessante, mas conflituosa. Se o taurino gostar de ser impulsionado pela energia e exuberância de Áries, a união é positiva. Caso contrário, vão continuar brigando indefinidamente.
Touroos nativos de mesmo signo costumam se dar melhor como amigos do que como amantes. No início, têm a ilusão de que acharam a alma gêmea. Mas, depois de algum tempo, a relação pode tornar-se tediosa e sem interesse.
Gêmeosum grande amor pode nascer entre esses signos, pois são muito diferentes. O geminiano, eclético e versátil, pode animar a vida um pouco monótona do taurino. Porém, o taurino enfrentará problemas pela infidelidade do parceiro.
Cânceruma união que pode dar certo, pois o canceriano vai dar o lar ideal ao taurino. O único risco que correm, sendo ambos muito sensíveis, é de se entediarem ou fazerem tempestade em copo d'água.
Leãouma união problemática porque o taurino não suporta o exibicionismo do leonino e sua infidelidade. Se se derem bem no plano sexual, a relação pode dar certo, pois os dois são animais de sangue quente.
Virgemse não houver desencontros na área sexual, o instinto de Touro e a racionalidade de Virgem fazem uma união positiva, principalmente se trabalham juntos. O que pode estragar a relação é o excesso de crítica do virginiano.
Librauma combinação maravilhosa, pois os dois signos são regidos por Vênus, o planeta do amor, da beleza e da arte. Na relação, a Balança vai conseguir contornar o autoritarismo do Touro, pois tem muito tato e sensibilidade.
Escorpiãosignos opostos, correm o risco de terem brigas violentas, misturadas a uma paixão louca, pois ambos têm uma sexualidade muito forte. Devem tomar cuidado com o ciúme e a possessividade, características dos dois.
Sagitárioa afinidade entre esses dois signos é mais comum na amizade do que no casamento. Enquanto o taurino quer levar a relação a sério, o sagitariano não quer que sua liberdade seja comprometida.
Capricórniocomo têm muitos interesses comuns, essa união pode dar certo. Basta um pouco de compreensão e um pouco de boa vontade para que a relação seja duradoura. No trabalho, os dois signos formam uma ótima parceria.
Aquáriosão dois signos tão diferentes que é difícil prever o que pode acontecer. Um é conservador, o outro inovador; um calmo, o outro agitado. No entanto, eles podem encontrar interesses comuns e viver um grande amor.
Peixesno início, podem ter a ilusão de ter encontrado a cara-metade: ambos são meigos, românticos e amantes das artes. Mas, quando o taurino percebe a infidelidade e a falta de senso prático do pisciano, não perdoa.

TOURO com ascendente em...

Áriesa conjunção desses dois signos costuma ser positiva para o nativo, a não ser que as tendências opostas criem conflitos insuperáveis. Em geral, as idéias inovadoras, a grande energia e a capacidade de liderança do componente ariano são uma importante contribuição para o taurino, principalmente no campo profissional. No amor, surgem tensões entre a fidelidade e a busca de aventuras.
Touroo ascendente no mesmo signo acentua as características, tanto positivas quanto negativas, do taurino. Em relação ao amar, o nativo procura afetos estáveis e seguros. Economicamente, procurará conseguir uma situação que garanta seu conforto e o de sua família, usando toda sua energia para se aperfeiçoar e progredir. Também aumenta a tendência à preguiça.
Gêmeoso componente geminiano é positivo para o taurino, tanto no plano físico quanto no intelectual. Fisicamente, torna-se mais esbelto e elegante, enquanto que, intelectualmente, fica mais aberto em relação a novas idéias e adquire mais vivacidade. Como resultado, surge uma personalidade fascinante e excepcional, embora difícil de lidar. A sexualidade tende a ser mais refinada.
Câncereste ascendente no signo que é o domicílio da lua (e simboliza a mãe) acentua no taurino a tendência, já bastante forte, de se realizar na família e no lar, Profissionalmente, pode se dedicar à arte ou a trabalhos relacionados com crianças. Em geral, essas pessoas são muito ligadas à própria mãe, o que muitas vezes provoca problemas com o cônjuge.
Leãoa enorme energia de Touro é canalizada pelas grandes ambições de Leão. Além de desejar a estabiIidade econômica, vai lutar para conseguir reconhecimento social, Tudo pode ser muito positivo, se o indivíduo não for orgulhoso e teimoso demais. O ascendente Leão dá ao nativo capacidade de comando, senso de humor e um corpo mais atlético e elegante.
Virgemnessas pessoas, domina a praticidade e o realismo do elemento comum aos dois signos, a Terra. Além disso, o ascendente dá ao nativo vantagens no plano físico e mental, principalmente no que diz respeito à preguiça e à ordem. Embora isso seja muito bom no piano profissional, prejudica a sexualidade de Touro, que é refreada. No plano afetivo, o nativo precisa de muita segurança.
Libraambos são regidos pelo planeta do amor, Vênus, o que torna o nativo mais meigo, mais sensível e mais sociável. A Balança equilibra os taurinos, resultando em vantagens tanto no plano profissional quanto no afetivo. Em geral, esses nativos não são tão "terrenos" e teimosos, porque desenvolvem a capacidade de perceber o ponto de vista alheio e se tornam menos intransigentes.
EscorpiãoA combinação pode produzir personalidades excepcionais, embora tenham um temperamento muito difícil. os planetas dominantes, Vênus e Marte, presidem a sexualidade e se reforçam mutuamente. Se ambos estiverem em harmonia, há uma personalidade equilibrada e positiva. Caso contrário, podemos encontrar pessoas sem moral, que buscam o sucesso a qualquer preço.
SagitárioEste ascendente enriquece a personalidade do taurino com fantasias e predisposição às viagens e aos estudos, dotando-os de uma ambição positiva. Porém, também pode criar conflitos: propensão à estabilidade e aversão às mudanças ou o intenso desejo de variação e de liberdade sem limitações. A solução pode estar no equilíbrio entre essas duas tendências.
Capricórnioo signo ascendente reforça as características principais do nativo - tenacidade, resistência, energia e objetividade. Mas, por outro fado, o taurino torna-se mais introvertido, mais prático, mais pessimista e menos bon vivant. No plano profissional, dá indivíduos com grande capacidade para as atividades comerciais ou ligadas à natureza.
Aquárioesta combinação pode dar personalidades excepcionalmente inovadoras, embora prevaleçam alguns sentimentos individualistas. No plano afetivo, o nativo vive o conflito entre a necessidade de sentir-se independente e a tendência a manter um relacionamento permanente. No aspecto profissional, esses taurinos gostam de trabalhar sozinhos e dão bons cientistas.
Peixescom este ascendente, o taurino torna-se mais sensível, meigo e místico. Embora Peixes se caracterize pela indecisão, geralmente prevalecem o bom senso e a praticidade de Touro, exceto no amor, aspecto que o nativo tem de controlar para não ser esmagado por intensas paixões. No plano profissional, essas pessoas podem dedicar-se às mais variadas atividades, pois sempre têm sucesso.


Site daTurma do Camping - http://w3.to/tdc

WebM@ster - Robert Lahoz Dos Santos - tdc@oocities.com

1