versiones, versiones y versiones...renovar la aventura de compartir la vida con textos, imágenes y sonidosDirector, editor y operador: Diego Martínez Lora    Número: 50 junho/julho 2003


Fernando Aguiar(*):

PONTO, PRONTO e outros 2 poemas


 

PONTO. PRONTO

 

 

 

PONTO     PRONTO

PRONTO   PONTO

 

 

PRONTO   PONTO

PONTO     PRONTO

 

 

PRONTO   PRONTO

PONTO     PONTO

 

 

PONTO     PONTO

PRONTO   PRONTO

PONTO

 

 

PONHO  O  PRONTO  NO  PONTO

PONHO  O  PONTO    NO  PRONTO

PONTO

 

 

PESO     A      PENA      DA    PATA

PÁRO    O      POTRO    NO   PRADO

PISO      O      PRISMA   NA   PROA

PASSO   A      PRECE     NO   PRANTO

PRONTO

 

 

PREGO  UMA  PREGA   NA  PEDRA

PARTO  NO    PRAZO  DA  PRAXE

PENSO   NA    PRESSA  DA  POSSE

PEÇO     O       PUDOR  AO  PODER

PONTO

 

 

 

PUXO       O       PREÇO     DA  PRATA

PRENDO  A        PULGA    NO  PRATO

PRIMO     O        PUNHO   NA  PRENSA

PINTO      UMA  PINTA     NA  PONTA

PINTO

MINTO

PONTO

 

 

PERCO   O    PAVIO    AO   PAVOR

PAIRO   NO  PEITO     DA   PRESA

POISO   NA  PÚBIS      DA   PROSA

PEGO    NO  PÉNIS      E      PRONTO

PONTO

 

 

E   PONHO  UM  PONTO    NO  PRONTO

E   PONHO  UM  PRONTO  NO  PONTO

NO  PONTO

O  .

.



 

PROBLEMÁTICA DA DIFICULDADE

 

está difícil. está muito difícil.

está mesmo muito difícil. es

tá  realmente  mesmo  muito

difícil. não há dúvida que est

á realmente mesmo muito di

fícil.

 

está difícil. está muito difícil.

está muito mais difícil, está

mesmo muito mais difícil. es

tá realmente mesmo muito m

ais difícil. não há dúvida que

está realmente mesmo muito

mais difícil.

 

está difícil. está muito difícil.

está ainda mais difícil. está a

inda muito mais difícil. está

mesmo ainda muito mais dif

ícil. está realmente mesmo ai

nda muito mais difícil. não h

á dúvida que está realmente

mesmo ainda muito mais dif

ícil.

 

está difícil. está muito difícil.

está cada vez mais difícil. est

á cada vez ainda muito mais

difícil. está mesmo cada vez

ainda muito mais difícil. está

realmente mesmo cada vez a

inda muito mais difícil. não h

á dúvida que está realmente

mesmo cada vez ainda muito

mais difícil.

 

para quem julga que estou a e

xagerar, não digo apenas que

não há dúvida que está realme

nte mesmo cada vez ainda mu

ito mais difícil. nem que está d

ificílimo. está dificilíssimo !


 

 

ESTRATÉGIAS  DO  GOSTO

 

 

ou se gosta

ou não se gosta.

 

ou se gosta

entre o se gosta

e o não

se gosta.

 

ou se gosta

entre o se gosta

e o se gosta

assim-assim.

 

ou se gosta

entre o não se gosta

e o se gosta

assim-assim.

 

ou se gosta

entre o

assim

e o assim.

 

ou simplesmente

(des)gosta-se.


(*)Fernando Aguiar, poeta e artista plástico português.


Índice de Versiones 50

Página principal de Versiones

1