ENSINAMENTOS SOBRE O TESOURO, A RIQUEZA E O PODER

ENSINAMENTOS SOBRE O TESOURO, A RIQUEZA E O PODER

 

O MAIOR TESOURO,

Para o doente, a saúde; Para o faminto, o alimento;

Para o sedento, a água; Para o cego, a visão;

Para o mudo, o dom da voz; Para quem não sabe, poder aprender ... Rubens Saraceni

 

Lucas, Capítulo 12, Versículo 15, - Prestem atenção: Tenham cuidado com todo tipo de avareza, porque a verdadeira vida de uma pessoa não depende das coisas que ela tem, mesmo que sejam muitas.

Portanto, o Maior Tesouro é ser perfeito no corpo e ter à mão o que realmente precisa. O Maior Tesouro é tudo o que nos pode ser útil mas também o possa ser a tudo e a todos.

Riqueza é ser como o ar, todos usufruem dele e ele nunca acaba. Mas uma pedra preciosa não, se você dividi-la com todos, ela se acaba. Então não é um Tesouro. Uma Riqueza não é algo para ser concentrado, mas sim dividida e nunca terminar.

Aprenda com os exemplos da Natureza, dos Animais e dos Homens. A árvore lança suas sementes por todos os lugares não se importando que umas dêem boas árvores e outras não. Isto mostra que ela é sábia. A semente é lançada, mas só brotará no solo fértil. Mas se por acaso, o fraco, um dia se fortalecer, o árido se modificar, lá estará a semente.

Aprender é um Tesouro comum a tudo e a todos, mas que só os melhores aprendem. Só aprendendo os segredos ocultos da Natureza você será um sábio.

Tudo o que está à nossa disposição é um Tesouro. Tanto faz que seja o ar como o saber, são úteis a todos. Uns são naturais e outros são acessíveis, basta que o desejemos.

Um homem pode unir-se a outros e ter força para conquistar terras. Só que ele tem que tirar de alguém para ser forte. Ele não adquire, toma simplesmente. Tirou o que a outro pertencia. A Riqueza não é subtrair de ninguém, ela é natural. Você pode acumular uma grande fortuna e não é preciso toma-la, basta conquistá-la com a sua inteligência. Já o Poder não. Só é um Poder o que foi tirado dos outros.

Lucas, Capítulo 16, Versículos 10 e 11, Quem é fiel nas coisas pequenas também será nas grandes; quem é desonesto nas coisas pequenas também será nas grandes. Pois , se vocês não forem honestos com as riquezas deste mundo, quem vai confiar a vocês as riquezas verdadeiras?

 

ALGUMAS LEIS E ENSINAMENTOS

Ninguém colhe o que não plantou. Mas aquilo que semeou, colhe até o último grão.

Dê o alívio da cura antes da doutrina. "Primeiro curaram minhas feridas, depois saciaram minha sede e só então vieram doutrinar-me para as coisas divinas."

Se alguém chora, enxugue-lhe as lágrimas. Se ele sente dores, cure-o. Se está aflito, acalme-o, e se odeia, ame-o. Somente uma ação contrária e oposta à vivida por alguém atormentado pode tirá-lo das trevas da ignorância e encaminhá-lo à Luz Divina.

"Agarre-me que eu o ajudo a levantar-se, e o amparo até que possa caminhar ereto e com suas próprias forças"- A VERDADEIRA MÃO AMIGA.

"Olhe o que faço em nome de Deus, e caso encontre nisso algum sentido, então siga-me, porque se assim não for, de nada adiantará eu lhe falar do reino dos céus. É preciso entender que Ele existe apenas na medida em que nós o construímos com o trabalho que não visa outro objetivo que não o de criar em cada coração um raio luminoso."

ORAI E VIGIAI. Manter-me na Luz depende unicamente de mim.

Um protetor não pode ter sua missão impedida por quem quer que seja. Se o encarnado ascender, ele ascende junto; se cair, ele cai também.

Se não souber o que fazer, então nada faça, pois muito estará fazendo.

Não faça a seu semelhante aquilo que não gostaria que ele fizesse a você.

Quando nada souber, pergunte a quem possa esclarecê-lo. Se você nada sabe, nada faça. Certamente poderá fazer tudo errado, caso tente fazer algo.

Quem em suas mãos toma o que à Lei pertence, à Lei certamente irá responder com as mãos postas à palmatória.

Só use princípios da Luz, na Luz, porque nas Trevas eles são incompreensíveis, assim como são incompreensíveis à Luz, os princípios das Trevas.

Na Luz, você suportaria a dor que ela (outra pessoa) iria sofrer enquanto nas Trevas você repassaria essa dor a um terceiro, não deixando que ela se esgotasse toda em você mesmo, não tendo confiança na justa justiça da Lei Maior.

Você não sabe que os sentimentos não foram dados ao ser humano para serem comercializados?

Quem com ferro fere, com ferro será ferido.

A Lei Divina se faz por si mesma, e ampara a quem tem que ser amparado, assim como verga a quem se faz por merecer tal ação por parte dela.

Ninguém poderá derrubá-lo senão ele mesmo, ele é seu juiz e seu algoz. Enquanto agir na luz da razão, nada o destruirá, mas no dia em que afrontar a Lei, ele mesmo se destruirá.

Nas Trevas você golpeia a sua vítima e causa-lhe dor com o intuito de destruí-lo, mas na Luz você sofre os golpes que despertarão a justa justiça da Lei, que vergará até o extremo o injusto golpeador.

Quem prega amor, com amor será compensado, e quem prega o ódio, com o ódio será pregado.

O SOCORRO. Um espírito incorpora num médium e absorve seu magnetismo animal. Com a irradiação luminosa da luz branca, todos os ferimentos do corpo espiritual são curados de imediato. Cessam as dores físicas, restando tão somente as dores do mental, que são: remorso, vergonha, tristeza, angústia, etc. Daí somos encaminhados para o abrigo, e lá os mestres e mestras da Luz nos acolhem e curam essas dores mentais com suas palavras de consolo, conforto e esclarecimentos.

OS MISTÉRIOS. O mistério maior é da Origem, o menor é a ação capaz de ser feita com o maior. O dom de emitir o oráculo é o mistério menor, o maior é o porque de ter esse dom, sua origem e tudo que o compõe. O que você não domina não é seu de verdade. Quem procura os mistérios tem por obrigação ocultá-los, após o conhecimento. E quem é procurado, tem o dever de divulgá-los, de uma forma oculta ou velada.

Perdoai setenta vezes sete vezes. O resultado dessa operação não é o número 490, não é bem assim, a quantidade está mais para o resultado da operação 7 vezes 7, repetindo-se por setenta vezes, isto é, sete elevado à 70 potência, provavelmente o Mestre queria nos dizer que devemos perdoar infinitamente, como Deus nos perdoa, sempre.

Jesus, Divino Mestre, entra no meu coração e faça nele, a Tua morada. Me perdoa, me orienta, me proteja e me ampare. Eu oro em nome de Jesus.

Onde duas ou três pessoas, estiverem reunidas em meu nome, lá estarei. Mateus, 18, 20.

Enquanto encarnado, o espírito absorve o tempo todo, irradiações energéticas do lado espiritual da vida, quando desencarnado, o inverso ocorre e ele fica sujeito as irradiações energéticas do lado material.


1