VITÓRIA NEWS
Vitória - Espírito Santo - Brasil

IGREJAS DE VITÓRIA

SANTUÁRIO DE SANTO ANTÔNIO fica num dos bairros mais tradicionais da ilha de Vitória, situado sobre um monte que proporciona uma magnífica vista da parte oeste do município e da baia de Vitória com seus extensos manguesais

O Santuário foi iniciado em 1956 e concluído em 1976, substituindo a antiga IGREJA MATRIZ DE SANTO ANTÔNIO, inaugurada em 1943, que ficou pequena com o crescimento do bairro incrementado pela chegada dos padres pavonianos e pessoas do meio rural.

O Santuário foi construído sob a orientação da Congreção Pavoniana, que em 1941 começa suas atividades no Brasil, aqui, em Vitória.

O templo foi idealizado tendo como modelo a Igreja de Nossa Senhora da Consolação, em Todi, na Itália central. Tem estilo arquitetônico influenciado pelo renascimento italiano, belas cúpulas, e afrescos magníficos feitos pelo italiano Alberto Bogani, em 1996.

Saindo de Santo Antônio nos dirigiremos para o centro da cidade, que por ser a área de habitação inicial ,reúne a maior parte do nosso patrimônio religioso mais antigo.

(Pesquisa e texto de Kátia Ludolf)

 

 

CATEDRAL METROPOLITANA foi construída entre os anos 1920 e 1970, com estilo arquitetônico neo-gótico, como exigia a Igreja Católica no início do século XX.

O belíssimo trabalho dos vitrais, doados por famílias importantes da ilha, e dos mosaicos do altar-mor, foram feitos pelo italiano Formenti. A igreja tem proporções monumentais, com nave em cruz grega, e subsolo com capela mortuária, onde estão enterrados as principais autoridades da Igreja Católica local.

(Pesquisa e texto de Carlos Antolini)   

 

 

CAPELA DE SANTA LUZIA, também localizada na parte alta (cidade alta) do centro, é a construção religiosa mais antiga de Vitória, e sua data de fundação perde-se no tempo, mas em 1549 já estava em funcionamento.

Foi erigida por Duarte de Lemos, que recebeu a ilha em 1537, então chamada Santo Antônio, devido a ajuda que prestou ao donatário Vasco Fernandes, no combate aos indígenas.

Ergue-se, singela, como uma jóia colonial incrustada em cima de uma pedra, que a torna peculiar e especial.

A igreja que já foi Museu de Arte Sacra e Galeria de Arte, hoje é a sede do IPHAN regional.

 (Pesquisa e texto de Carlos Antolini)

 

CONVENTO DE SÃO FRANCISCO – Bem próximo a Capela de Santa Luzia, encontramos o CONVENTO DE SÃO FRANCISCO, que durante séculos foi a sede dos franciscanos no Estado.

A construção iniciada em 1591, considerada como o convento franciscanos mais antigo do sul do Brasil, foi o primeiro prédio da cidade a ter água encanada, em 1643.

No seu pátio central sob a estátua de Nossa Senhora da Penha encontram-se os restos mortais dos principais freis que aqui trabalharam.

(Pesquisa e texto de Carlos Antolini disponível na Internet)   

 

 

 IGREJA DE SÃO GONÇALO – Seguindo pela cidade alta visitaremos a IGREJA DE SÃO GONÇALO, erigida em 1766, que mistura a influência jesuítica da fachada, ao seu frontão com características barrocas.

Esse templo durante séculos realizou os principais casamentos da capital, pois é conhecida como "a igreja dos enlaces duradouros e felizes".

No centro da cidade ainda veremos a IGREJA DE NOSSA SENHORA DO CARMO e a IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO DOS PRETOS.

 (Pesquisa e texto de Carlos Antolini disponível na Internet)

 

 

IGREJA DO CARMO  O Convento dos carmelitas foi fundado na Segunda metade do séc. XVII, substituindo a pequenina capela do Carmo que ai tinha sido construída. Em 1682, a atual Igreja do Carmo já se destaca no prédio do convento.

A bela escadaria que hoje dá acesso a Igreja foi edificada na década de 20 do séc. XX, e o prédio do convento foi modificado, sendo hoje de utilização particular.

(Pesquisa e texto de Carlos Antolini, disponível na Internet)   

 

 

 

A IGREJA DO ROSÁRIO foi erigida pela Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, em 1765, através de Provisão do Bispado da Bahia.

Ornada por duas belíssimas palmeiras imperiais, e Mata Atlântica da Fonte Grande, ao fundo, sua arquitetura colonial, de nítida influência jesuítica, destaca-se na paisagem. Ë daí, que todos os anos saem as tradicionais procissões do Santo mais venerado no Espírito Santo, São Benedito.

"Bino Santo" é homenageado sempre no dia 26 de dezembro, com procissão e queimas de fogos que mobilizam a população da ilha.

Bem, se você acha que orar nunca é demais, o município de Vitória tem templos de todas as religiões, espalhados pelos seus bairros, e que podem ser localizados através de lista telefônica, encontradas facilmente nos postos de telefonia e locais com telefones públicos.



============================

MAIS DETALHES SOBRE A HISTÓRIA DO ESPÍRITO SANTO,
ACESSE O SITE:
HISTÓRIA DA SERRA


Clique aqui para enviar seu recado


1