ESTRELAS VARIÁVEIS

VARIÁVEIS AAVSO POR AJC - BELO HORIZONTE

COM DECLINAÇÃO ENTRE -63 E +30 GRAUS E MAGNITUDE VISUAL < 8,0

Para cada estrela abaixo, suas respectivas cartas e meses para acompanhamento:

CARTA DA ESTRELA        TIPO     DESIGNAÇÃO      DADOS DOS ÚLTIMOS 90 DIAS

NSV 15614 ARIES              NSV          0252+20;        para novembro, dezembro e janeiro

TW HOR HOROLOGIUM   SRB         0310-57;          para novembro, dezembro e janeiro

NSV 15701 ARIES              NSV          0323+20;        para novembro, dezembro e janeiro

NSV 1213 TAURUS           NSV          0333+20;        para dezembro, janeiro e fevereiro

NSV 1262 TAURUS           NSV          0338+23;        para dezembro, janeiro e fevereiro

NSV 1321 TAURUS           NSV          0342+23;        para dezembro, janeiro e fevereiro

NSV 1316 TAURUS           NSV          0342+24;         para dezembro, janeiro e fevereiro

NSV 15798 TAURUS         NSV          0343+23;         para dezembro, janeiro e fevereiro

NSV 1391 TAURUS           NSV         0347+25;          para dezembro, janeiro e fevereiro

NSV 15993 TAURUS         NSV         0421+14;          para dezembro, janeiro e fevereiro

NSV 15998 TAURUS        NSV          0421+22;          para dezembro, janeiro e fevereiro

NSV 1609 TAURUS          NSV          0422+16;          para dezembro, janeiro e fevereiro

NSV 16347 ORION            NSV         0528-00;           para janeiro, fevereiro e março

LISTA COMPLETA DAS VARIÁVEIS OBSERVADAS POR AJC EM 2007.

Cartas geradas pelo programa CARTES DU CIEL com o arquivo TYCHO; os índices de cor estão com valores em módulo (positivo) e alguns deles foram readequados para melhor representar o que estava sendo observado.

Saiba mais sobre a AAVSO - Associação Americana de Observadores de Estrelas Variáveis - essa ong que possui cerca de 1.000 observadores em 43 países, sendo a maior organização de astrônomos amadores do planeta.

Conheça a REA - Rede de Astronomia - o que de melhorr surgiu na astronomia amadora brasileira nestes últimos anos.

STARMAN

Ao olhar o céu, de noite, na escuridão, faço a minha viagem para o infinito, entre as estrelas. Centenas delas, olhando uma a uma, comparando seus brilhos, conhecendo-as melhor, quase que como as vigiasse. Será que um dia estaremos por lá? de corpo presente? Somos parte delas, feitos por elas. Devemos o cálcio dos nossos ossos a elas. O ferro do nosso feijão foi gerado no núcleo de uma estrela. Somos poeira estelar que respira. Pulsamos como uma estrela. E elas variam... e eu as vigio. Uma por uma, na noite, meço seus brilhos, estudo seus ciclos, suas tempestades, sua fornalha de Hidrogênio e Hélio. Noite após noite, por semanas, meses e anos, estou ali a vê-las, tendo sua companhia, mesmo a milhares de anos-luz daqui. Separados pelo vácuo e pela distância quase infinita, reina a magia do estudo do UNIVERSO, quantificando, analisando e tentando compreender quem somos, de onde viemos e para onde vamos? São Cefeidas, Miras, semi-regulares e duplas. Sâo vermelhas, azuis, alaranjadas e brancas. São gigantes, super-gigantes ou amarelas como o nosso Sol. O nosso Sol... nossa estrela mãe do nosso dia-a-dia. E quando o Sol se vai e faz brotar a noite com seu silêncio recheando de pontos brilhantes o firmamento, nos inebriando de luz estelar com seus raios cósmicos, naquele momento de escuridão, entregue aos pequeninos pontos de luz, quase sem luz, que quase escapam aos meus olhos, já com sono, me pego na companhia das estrelas com o cosmos ao meu dispor, com o infinito mais perto que a esquina da minha rua. Nesse momento de calmaria, que minha mente relaxa, sublima, enfim vive, é quando me torno o homem das estrelas.

Astrosaudaçoes,

AJC

Atualizada em 06/01/2007 por AJC.        Ir para página de Estrelas Duplas

1