A Poesia Continua

                                                     
Número 79 - 02 de Agosto de 2005
[para receber o "Informativo" faça o registro Aqui]

 

Poesia em foco


Prestigiem nossos Colunistas, lendo os seus mais recentes trabalhos.

Paola Caumo


Paulo Monti

Ana Mello

Vanderli Medeiros

José Valgode





 


 

Janela da Alma


Cidade Submersa

É aqui – olhos
Onde os degraus,
Líquidos de vício,
Virilhas esverdeadas,
Entram
Liquefeitos,
Paredes dentro –

Na afronta dos odores,
No cilício das ancas,
Entrecortadas,
Pelas luzes sólidas

Direi das janelas,
Perpendiculares,
O hermético segredo,
Ferrugíneo,
Das portas proveta –

Erupção cutânea

E pelas frestas,
Anexadas,
O sexo anfíbio

E passos,
Persistentes,
Ausentes,
Repetidos,
Líquidos,
Nas pregas dos degraus

Cidade submersa

É aqui – olfacto
Onde o silêncio,
Vai em pernas de galgo,
Por dentro,
Surdo –

No tacto
Imutável da argila


Jorge Humberto
In A Cidade 1ª parte O Membro
 



O Poeta II    Menu  Entrar no Grupo  Escrever para o autor

Todos os Direitos Reservados - ©Copyright 2004 - Web Master e Design Paola Caumo