Capitulo 1
- acoorda, vamos, , ACORDA AGORA – Gritava a mãe de
- Ah mãe me deixa dormir – resmungava
- Que deixa dormir, é 5 da tarde e os meus amigos vêm jantar aqui esqueceu?
- Que? 5 da tarde e você não me acordou antes?A vai me matar eu ia sair com ela 2 horas mãe
- Sempre que eu tento te acordar você não acorda, agora vai se trocar
Ótimo, já comecei o dia bem, sabe eu acordei dei ‘oi’ pro meu pôster do nxzero, olhei pro meu mural de fotos e marquei em uma, a que eu mais gosto, apesar de não saber quem é o garotinho do meu lado, eu simplesmente AMO aquela foto, ás vezes eu acho que o nome dele é , pelo que eu me lembre é, mas não tenho certeza. Tomei um banho, botei uma roupa bonitinha, liguei para , me desculpei por não ter ido no shopping com ela e fiquei esperando os amigos da minha mãe chegarem.
DIM DONG, pronto chegaram
- Olá, sejam bem vindos – Disse eu atendendo a porta
- , como você ta grande!! Olha amor é a – Disse a amiga da minha mãe
- Filha, esses são Denise e Kevin e esses são seus filhos , e – Minha mãe me disse como se eu estivesse interessada
- Ah, oi – e fiz um sorriso paisagem
- Então sentem, vocês são de casa. vai no seu quarto com os meninos lá vocês ficam mais a vontade
- Seu pedido é uma ordem – Disse levando o trio pro meu quarto
Cara quando eles entraram um dos três que como eu não decorei nome ainda acho que era o , parou e ficou olhando minha foto favorita, o outro sentou na cama e foi olhar meu violão e o outro ficou paralisado olhando minha prancha de surf, o que ficou olhando minha foto chamou minha atenção e não porque estava olhando a foto não, porque ele era beeem gato.
- Oi, né? Reparei que você tava olhando essa foto aqui – Disse apontando
- É, eu tava olhando, é uma foto bem bonita
- Eu sei, a minha preferida sabe, o meu sorriso e o sorriso do menino demonstram uma felicidade que eu nem sei como explicar, sabe, eu mantive contato com quase todos dessa época, mas com esse garoto não, nem sei o nome dele direito, acho que é , igual a você hahaha, mas nem sei
- Você nunca perguntou pra sua mãe o nome? Ela deve saber
- Sabe que eu nunca pensei em perguntar
- Mas por que você acha que o nome desse menino é ?
- Eu tenho a imagem na minha cabeça que eu estava caindo em uma brincadeira e esse menininho me ajuda ai eu falo ‘ brigada ‘, mas eu não sei de nada
De repente o irmão chega, olha a foto e dá um sorrisão colgate, meu deus que família maluca, tinha que ser amigos da minha mãe mesmo
- não é você nessa foto?Iala é a mesma que tem no teu quarto – Dizia com um sorriso
- É você ?-Em um breve instante me deu uma felicidade e eu dei um sorriso
- É sou eu sim – iih ele ficou envergonhado
- Por que não me disse pô?
- Ah fiquei sem graça
Cara o que deu em mim, não sei, não fui eu que quis fazer isso, meu corpo criou vida, meu deus ele ta se mexendo sozinho, ai socorro, os meninos vão achar que eu sou doida, eu dei um abraço super forte no menino que eu acabei de conhecer, quer dizer que eu acabei de reencontrar, o moleque ficou sem graça, ta todo vermelhinho, hahaha, que bonitinho
- Aah desculpa por isso, é que eu fiquei muito feliz de reencontrar o menininho da foto
- Sem problemas.
Ficamos a noite inteira conversando, eles me contaram que iriam se mudar pra casa do lado no dia seguinte, que tinham outro irmão o Frankie que ficou em casa dormindo, eles perguntaram se eu sabia surfar, se tocava violão, nossa eles são irados, eu me sinto bem conversando com eles, parece até que eu conheço eles a vida toda e o pior é que conheço, mas não sabia, até que minha mãe nos chama e eles tem que ir
- Tchau , até amanhã – berraram os três
- Tchau – disse acenando
- Tu vai ter que ajudar com a mudança hein? Pegar peso – Disse rindo
- Ah fiquem tranqüilos eu sou fortona – fiz um muque
E eles foram embora, fui deitar pensando neles, eles eram super legais, acabei adormecendo e cara eu sonhei com o , meu deus, Bárbara para ele é seu amigo, eu dizia pro meu subconsciente, é gato mas é meu amiiiigo, pare com isso.
Capitulo 2
Lá estava eu, dormindo, tendo bons sonhos, até que sinto um peso em cima de mim, depois fica mais pesado, depois piora, até que eu resolvo abrir o olho e dou de cara com uma pessoa sorrindo e mais duas em cima dele, MEU DEUS, esses Jonas tem problemas
- Saaiiam de cima de mim, ta pesando eu vou morrer esmagada – e eu riiia muito, com sono eu fico lesada ok? Eles saíram, UFA
- Vamos fazer a mudança – Dizia , super animado
- Caraca, essa hora da manhã ?
- É meio dia já ria
- Ah eu sempre durmo demais – dizia mexendo no cabelo
Levantei, eles zuaram minha camisola de bonequinha, meu cachorrinho, zuaram TUDO, escovei meus dentes, troquei de roupa e quando voltei ao quarto
- , você não acha que esta grandinha demais pra dormir com um cachorrinho de pelúcia não ? – zuava
- Deixem o em paz cara
- ? - Ih o deve ta achando que é por ele
- É sim, mas não é por você não bobãão, é porque eu ia ter um cachorro que o nome era esse, mas meu vô não me deixou ficar com ele, ai minha amiga me deu esse porque já que eu não podia ter o de verdade eu podia ter um de mentira - e dei a língua
-Ah sem graça, achei que era por mim – e fez biquinho
- Ok então, vamos fingir que é por você ta?
- Assim eu fico feliz – e todos riram
- Let’s go boys, a mudança não vai começar sozinha
Foi caixas daqui, caixas de lá, cada coisa pesada, não sei como eu tava agüentando, mas eu continuei, até que eu fui pegar uma das caixas que tapou metade da minha visão, eu não sabia pra onde estava indo mais, até que eu esbarro em uma coisa, uma coisa não, uma pessoa, ai a pessoa solta um ai e eu boto a caixa no chão
- Me desculpa, me desculpa mesmo, é que eu não tava enxergando e ... – Eu tava desesperada, tão desesperada que nem reparei que a vitima era um gatinho
- Sem problemas gata – e piscou
- Mas ta vermelho, não ta doendo não?
- Daqui a pouco passa, prazer Jesse, você é minha vizinha né?
- Ah pod crê, eu sou, prazer . Cara eu to preocupada com a sua testa
- Relaxa, é só dar um beijinho que passa – disse o Jesse zuando e rindo
É eu pirei mesmo, fui lá e dei um beijo na testa do menino hahaha, meu deus, eu ando meio doida, acho que tão botando álcool na minha comida, eu não ando normal.
- Agora eu to melhor
- , cadê você?- berrava
- Já vou . Jesse tchau, até outra hora, tenho que ir agora
- Tchau – e me deu um beijo na bochecha
Cara eu voltei a carregar a caixa e só pensando no meu vizinho de lado, Loirinho dos olhos verdes(autora: sim eu botei Jesse pelo Jesse McCartney, muito gato, me peeerco por ele), eu sou uma menina de sorte, de um lado eu tinha os Jonas gatinhos como meus vizinhos e do outro o Jesse, ah vida, mas tudo estraga quando na minha cabeça vem a lembrança que as aulas vão começar, ah morri x_________x . Terminamos de botar todas as caixas pra dentro, tiramos tudo das caixas arrumamos nos quartos e estávamos exaustos, eu terminei e me taquei na cama do .
- Aah , roubei tua cama, não saio mais daqui não – disse em meio que risadas
- Pode ficar o quanto quiser e dormir agarradinha comigo – piscou
- Olha lá moleque, tu é novo demais hahaha
- Tu tem a minha idade
- Eu sei
- , vem pra casa, ta na hora do jantar – Minha mãe berrou
- Já viu né ?Minha mãe já me chamou, deixa pra dormir agarradinho outra noite já é?- eu disse zuando com o menino
- Olha que eu cobro, vai lá, boa noite, sonha comigo
- Sonha comigo também
Ooh diazinho bom, que isso, foi ótimo, cheguei em casa, jantei, tomei banho, fui pra sacada que dava pro quarto do , mandei um beijo pra ele, ele mandou outro, deitei, peguei meu cachorrinho e dormi que nem uma pedra
Capitulo 3
A semana passou normalmente, eu me divertindo com a família Jonas e me encontrando com o Jesse, estou aqui tentando dormir porque amanhã é o primeiro dia de aula e como sempre eu estou nervosa e não consigo dormir, são 3 da manhã, tenho que acordar 6:30 e aqui estou eu, deitada, viajando em meus pensamentos , 4 horas, 5 horas, aleluia 6 horas, não dormi NADA, que saco, tomei meu banho, botei aquele uniforme ‘lindo’ que a gente até cansa de tanto usar, me arrumei, passei na casa dos irmãos chatos que moram do meu lado, peguei eles e fui pra escola, chegando lá, vi geral, geral mesmo, ai o Jesse disse que precisava falar comigo depois da aula, essas pessoas são doidas mas eu falei ok na hora da saída a gente se fala, então fomos lá pra aula de matemática, depois física, recreio, inglês e enfim saída.
- Adivinha quem é? – uma voz me fala
- ?O que tu ta fazendo aqui?- não era o Jesse, meu deus, to perdida
-Sei lá, te vi parada e vim falar contigo, tu vai pra casa agora?
-Não o Jesse quer falar comigo, depois eu vou
-Quer que eu te espere?
-Ah precisa não
-Então ta, tchau
-Tchau.
-, é o seguinte - ih caraça o Jesse já chegou falando
-Fale
-A gente tem saído, se encontrado todos os dias e tipo, eu meio que toafimdevocê
-Que?
-EU TO AFIM DE VOCÊ
Seus lábios se selaram, um beijo doce, não muito apaixonado porque os meus sentimentos tavam embaralhados nessa hora, ela achava que estava afim de , mas depois do beijo sua cabeça ficou , Jesse, , Jesse, , Jesse, até que ela resolveu se entregar de corpo e alma ao beijo.
- Eu sei que é muito cedo, mas quer namorar comigo?- Cara ele ta ajoelhado, vou morrer (autora: Jesse McCartney ajoelhado pedindo pra namorar comigo, só em sonho mesmo cara)
- Sim. – Sua besta, você só fala sim, meu deus
-Ah então você é MINHA namorada agora , te amo
-Te amo também – acho que eu nunca fiquei tão confusa na minha vida
Nós fomos pra casa, eu não falei nada, nos despedimos, passaram meses e meses já, o namoro anda perfeitamente bem, tirando as crises de ciúmes que o Jesse tem do , agora ele ta criando caso que eu vou passar um fim de semana na casa da , a irmã que eu nunca tive, porque é aniversario dela e do irmão, gêmeos vê se pode, ai o Danilo chamou o e o e a chamou eu e a , mesmo que ele não queira, eu VOU, to nem ai, ele é só meu amigo e mais nada o ciúmes é desnecessário e esse fim de semana, PROOMETE
Capitulo 4
Lá estava eu na casa de , até que meu telefone toca(músiquinha de psicose) ah eu atendi era o Jesse
- Oi amor – dizia ele
- Oi baby
- aonde você ta?
- na casa da
- Mas eu falei pra você não ir pô, como eu vou saber o que você está fazendo ai, eu vou ai te buscar AGORA – ele estava berrando, tava berrando tanto que o ouviu, pegou o celular da minha mão e agora, só deus sabe o que ele vai fazer, eu tava desapontada demais com o Jesse para interferir na conversa dos dois
- OLHA COMO VOCÊ FALA COM ELA, ELA NÃO É NENHUMA GAROTINHA PRA VOCÊ FICAR BERRANDO O QUE QUISER COM ELA, ELA É A GAROTA MAIS LINDA E ESPECIAL QUE EU JÁ CONHECI NA MINHA VIDA E VOCÊ NÃO DÁ VALOR, SE VOCÊ TEM TANTO CIUMES DE MIM É PORQUE VOCÊ REALMENTE SABE QUE EU SOU MELHOR – Eu juro, nunca tinha visto o assim, MUITO lindo ele me defendendo, sabe eu acho que quem eu amo de verdade é ele, e esse foi o estalo que eu precisava para ver que era dele que eu precisava para ser feliz pro resto da minha vida
- OLHA AQUI MOLEQUE... – ah quando eu o ouvi, soltou uma fera dentro de mim
- MOLEQUE É VOCÊ, E VOCÊ PENSE ANTES DE FALAR ASSIM COM ELE, POR QUE ELE É SUPERIOR A VOCÊ, SABE JESSE EU JÁ ENTENDI O MOTIVO DE TANTO CIUMES, PORQUE VOCÊ FINALMENTE PERCEBEU QUE EU NÃO AMO VOCÊ EU AMO O , ISSO MESMO, EU AMO ELE, VOCÊ FOI SÓ UM ROSTINHO BONITINHO QUE ME APARECEU, MAS SABE DE UMA COISA, POR DENTRO VOCÊ É PODRE, RIDICULO , QUER SABER, ACABOU, ACABOU MESMO– essas palavras saíram da minha boca junto com lagrimas que eu guardava dentro de mim por anos, desliguei na cara do idiota e só chorava, soluçava de tanto chorar. chegou, me abraçou, um abraço foooorte, foi como se o mundo fosse acabar naquele momento, eu chorava em seu ombro e ele fazia cafuné em mim
- , é verdade aquilo que você falou que me amava? – falou ainda abraçado comigo
- Ahan, eu entendo se você nunca mais quiser olhar pra minha cara, nem falar um oi pra mim, mas entenda, agora quando eu vi você me defendendo eu liguei tudo, que eu sempre te amei, desde aquela época de quando éramos pequenos e tiramos aquela foto, eu entendi aquele sorriso que estava no meu rosto, era o amor , o amor...
Ele olhou pra mim, chegou mais perto, eu continuei olhando nos olhos dele, ele encostou sua boca na minha, depois nossas línguas se encontraram, elas dançavam em uma perfeita sintonia, um de meus braços estava envolvendo seu pescoço o outro estava em seu cabelo, ele estava envolvendo minha cintura, foi um beijo doce, apaixonado, com certeza O MELHOR DA MINHA VIDA, ficamos lá por um tempo ainda até que nos separamos, olhamos um para o outro e dissemos na mesma hora
- EU TE AMO
Ficamos sorrindo um para o outro, o mesmo sorriso da foto de quando éramos pequenos e depois a música diz que felicidade é um fim de tarde olhando o mar, mas eu não concordo felicidade pra mim, é estar com quem você ama, com um sorriso apaixonado no rosto e com a certeza de que o SEU SORRISO É MEU
FIM

Ok.Sabemos que ficou horrenda, mas obrigada a Isabela pela ideia da briga, obrigada também a todos que leram e desculpe por essa fic horrenda.Espero que tenham gostado. Beijonas a todas.

1