A fase Gary Cherone próxima
anterior
voltar
ao
menu inicial
Em 1997, continuando a procura de um novo vocalista para o Van Halen, a banda recrutou Gary Cherone, ex-frontman da banda Extreme, para os vocais. O resultado foi o álbum experimental Van Halen III. Muitas das músicas se tornaram mais longas, mas etéreas ('Once'), mais provocativas ('How many say I', com Eddie nos vocais)ou bem diferentes das composições do Van Halen ('Josephina', 'From afar'). Estas mudanças afastaram alguns fãs que eram seguidores da era David Lee Roth e Sammy Hagar, enquanto também falhava em atrair novos fãs. A vendagem desse álbum foi fraquíssima, se comparada aos álbuns anteriores, mesmo produzindo um Hit de sucesso, a ótima faixa 'Without you'. Contudo, nenhuma das faixas do álbum apareceram no Top Chart como era de costume para a banda. Uma faixa não gravada do álbum intitulada 'That's why I love you' foi encontrada circulando na Internet, colocando os fãs a se perguntar porquê não foi incluída no álbum. Nessa mesma época, Van Halen contribuiu também para a trilha sonora do filme 'Maquina mortifera 4', com a faixa 'Fire in the hole'. Em 1999, a banda começou a trabalhar um novo álbum com Cherone, que teria o título de 'Love again'. As faixas produzidas para esse novo álbum foram: 'Left for Dead', 'River Wide', 'Say Uncle', 'You Wear it Well', 'More Than Yesterday', 'I Don't Miss You...Much', 'Love Divine' e 'From Here, Where Do We Go?'. Contudo, o álbum não foi terminado e Cherone então deixou a banda amigavelmente.
1 1