Elismar de Almeida

Faleceu no dia 5 de março a jovem Elismar, esposa do Serginho do Xará. Ainda na flor da idade, dedicada ao esposo e às filhas, ela sempre procurou viver em harmonia com todos os que a rodeavam. Muito católica, freqüentava as missas constantemente e lutou até o fim defendendo a sua fé.

Mãe zelosa e exemplar, estava sempre ao lado das filhas dando carinho e conselhos para que pudessem seguir um bom caminho. Devota de Nossa Senhora, jamais deixou de rezar o terço e confiar na mãe de Deus.

Para Serginho, Elismar foi, ao lado das filhas, o melhor presente que Deus lhe deu, e ele cuidou com carinho. Para ele, foi muito duro ter que devolver precocemente essa jóia rara que o Criador lhe deu, mas fica os frutos (Jéssica e Jordânia) de um feliz matrimônio, como continuidade para que ele possa seguir com forças nessa caminhada pela terra.

“Obrigado por ter me deixado duas filhas maravilhosas, antes de partir”, disse Serginho, após a terrível perda. Serginho faz questão de agradecer a toda a comunidade guidovalense, pelo apoio recebido durante a luta de sua esposa pela vida.

Ficou o exemplo de uma mulher honesta, trabalhadora e de muita fé, que jamais fraquejou ou deixou de acreditar que Deus escolhe o melhor para nossas vidas.

“Onde você estiver, um feliz dia das mães”. São os votos de Serginho, Jéssica, Jordânia e demais familiares, à saudosa Elismar.

 

1