:.CACAUSalto "João Walter Toscano" : Institucional
CENTRO ACADÊMICO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO
"João Walter Toscano" - Salto/SP
"pela qualidade de ensino que faz a diferença"

Primeira | « | » | Mapa

E-mail

Centro Acadêmico | Estatuto | Planejamento | Deliberações | Comunicados  


Institucional
InformAU
O Curso
Escritório Modelo
ExpoAU
Comunique-se
Biblioteca AU
Patrocinadores
Links
Jogos

Diretrizes do CACAU
Primeira » Institucional » Planejamento » Diretrizes do CACAU

Diretrizes do CACAU “João Walter Toscano”

Projeto para o 2° semestre do ano de 2005

(editado em 06/09/05)

Objetivos gerais:

  1. Implantação para Agosto de 2005 o EMAU (escritório modelo de arquitetura e urbanismo):
    1. Princípios;
    2. Materiais a serem usados;
    3. Quem financia os custos para o desenvolvimento do projeto
  2. Projeto pedagógico:
    1. Avaliação da ministração das aulas;
    2. Injeção de experiências no CEUNSP;
    3. Platô de obras;
    4. Arquitetour;
    5. Início de pesquisa e extensão;
    6. Cronograma de intenção de participação em eventos científicos (congressos e encontros, etc...);
    7. Cronograma de intenção de participação em cursos de aperfeiçoamento;
  3. Atlética:
    1. Objetivos;
    2. Descontos em mensalidades para alunos e suas participações;
    3. Injeção de treinadores;
    4. Jogos internos e externos (campeonato estadual, INTERFAU);
  4. CACAU x CEUNSP:
    1. Parceria em projetos;
    2. A sede;
  5. A FENEA (Federação Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo):
    1. O que é a FENEA;
    2. Anuidades;

Sobre os objetivos:

1-a) Princípios (EMAU):

  • Ser um projeto de extensão universitária;
  •  Propiciar a melhoria da formação acadêmica;
  •  Retornar à comunidade acadêmica o conhecimento adquirido em suas atividades;
  •  Difundir a atividade da arquitetura e urbanismo, promovendo a ampliação do mercado profissional;
  •  Atender às populações sem possibilidade de ter acesso ao trabalho do arquiteto e urbanista;
  •  Ser de livre participação a todos os estudantes de arquitetura e urbanismo e outros interessados, sendo um espaço de debate e produção aberto a toda a sociedade;
  •  Proporcionar o trabalho coletivo, visando uma gestão democrática e horizontal;
  • Estabelecer um processo projetual participativo, promovendo a mobilização social;
  •  Garantir o trabalho integrado a outras áreas de conhecimento;
  •  Ser autônomo em relação à Universidade, entidades representativas de profissionais e estudantes, quanto a:

o        Formas de gestão;

o        Seleção de projetos e orientadores.

  • Os serviços não são remunerados pelos beneficiários;
  • A Responsabilidade Técnica sobre os projetos elaborados pelos EMAU's segue legislação reguladora dos exercícios das profissões;
  • Garantir sua sustentabilidade e a de seus participantes.

1-b) computadores, pranchetas, impressoras, biblioteca, folhas de sulfite vários tamanhos, quadro de aviso, lousa, etc;

1-c) o CACAU solicita o financiamento de materiais por parte do CEUNSP, por tempo indeterminado.


2-a) avaliação da ministração das aulas, procurando detectar de forma séria e coerente os obstáculos e deficências no ensino em sala de aula, especialmente quanto a relação professor-aluno;

2-b) injeção de experiências de arquitetos que ganharam prestígio na sociedade e passa em aulas o seu conhecimento, estimulando os alunos;

2-c) platô de obras maior, com aprofundamento nos estudos disciplinares. Ao final do segundo semestre, “coroa-se” a sala com um exercício no platô, deixando a obra para estudos posteriores e difundir a característica do curso de Arquitetura. Exemplo de trabalhos: os arcos romanos, amarrações, concreto, quiosques, etc;

2-d) o Arquitetour é uma idéia para dar início às viagens, pela qual, os alunos escolhem um roteiro a seguir e um tema. Dando como exemplos: sítios históricos ou arquitetura moderna.

2-e) Compondo junto com o Ensino e a Pesquisa a tríade básica é necessária para uma educação de qualidade, a Extensão Universitária é caracterizada pelo contato e pela troca de informações e conhecimentos entre sociedade e Universidade. Entende-se que a produção de conhecimento só se realiza plenamente se houver uma unidade entre os elementos dessa tríade, que devem existir em constante comunicação.

Entendendo a Universidade como produtora de conhecimento técnico e científico, e como um importante agente de transformação da sociedade, ela apresenta-se como responsável direta por fazer a comunicação necessária e a troca de saberes com a sociedade. Tendo a Universidade estas responsabilidades, também é responsabilidade dos estudantes e professores trabalhar para que existam trabalhos qualificados de Extensão.

Vale lembrar que a Extensão é atividade que por excelência faz com que a sociedade tome conhecimento da importância da Universidade. Entende-se que o elo de ligação Universidade/Sociedade deve-se dar, em função do interesse didático-acadêmico, através da equalização dos conhecimentos produzidos e acumulados dentro das universidades, tendo em vista o usufruto comum das ciências, artes e tecnologias.

Tantas são as formas de como a Extensão pode acontecer, assim como tantas são as parcelas da sociedade que podem ter acesso a um trabalho acadêmico. Cada Curso possui linhas características de ação extensionista: os Cursos de Medicina, Odontologia, Enfermagem e outros na área da saúde atuam em hospitais-escola, ambulatórios; os Cursos de Direito atuam na prestação de serviços e assistência jurídica a sociedade; e assim por diante;

2-f) participação dos alunos nos encontros regionais nacionais e latinos que ocorrem uma vez ao ano cada e seus respectivos conselhos que ocorrem de 2 à 3 vezes ao ano cada. SERES (seminário regional de estudantes) e SENEMAU (seminário nacional dos escritórios modelos de arquitetura e urbanismo);

2-g) esse cronograma é um projeto do CACAU para auxílio à parte de aulas. Temos como exemplo o curso de 3D, que é um projeto onde o aluno já tem um contato maior com os programas AutoCAD® e VectorWORKS® que fazem parte da grade pedagógica do CEUNSP;


3-a) Incentivo à prática de esportes dentro do CEUNSP;

3-b) os descontos são para aqueles alunos que participam regularmente dos treinos e que não ficam com dependências de notas em aulas;

3-c) contratação de treinadores para os respectivos esportes;

3-d) os alunos participariam de três campeonatos. São eles: 1) Jogos internos entre as salas de arquitetura; 2) jogos internos entre todos os cursos do CEUNSP e 3) os jogos externos do InterFAU, que são os jogos disputados entre as faculdades de arquitetura do estado de São Paulo;


4-a) a criação de uma cantina para a arrecadação de fundos para o CACAU dentro do campus V. Com esses fundos o CACAU livraria a faculdade de bancar os custos de viagens, o EMAU, aumento da biblioteca e outros eventos.

Para a criação de uma cantina o CACAU necessitaria do investimento do CEUNSP e um prazo para o pagamento dos custos por parte do CACAU.

4-b) uma doação por parte do CEUNSP para a sede do CACAU dentro do Campus V do CEUNSP no bloco E/inferior. A sede servirá para reuniões de diretoria, escritório e arquivamento de materiais e documentos do CACAU.


5-a) a FENEA (Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura), é uma entidade que proporciona ao estudante experiências na área da arquitetura. Ela é quem faz os estudantes se encontrarem todos os anos a fins de promover debates sobre os rumos da arquitetura e urbanismo, citados no item 2-f.

5-b) A FENEA é a entidade de representação estudantil que congrega todos os estudantes de Arquitetura e Urbanismo do país, principalmente através dos Centros e Diretórios Acadêmicos.

Sua proposta de trabalho está fundamentada no desenvolvimento de diversos projetos, que visam melhorar a formação do profissional arquiteto e urbanista.

Dessa forma, busca ampliar nossa participação, enquanto estudantes universitários e cidadãos, na transformação da realidade e do espaço em que vivemos, por meio de ações que venham a contribuir para a melhoria da situação social do nosso país.

Para a FENEA estar cumprindo com suas atividades, ela conta com a contribuição de uma anuidade de todas as faculdades de Arquitetura do país. Nesse ano de 2005 ela está no valor de R$300,00 (trezentos reais). Sem o pagamento, a faculdade fica impossibilitada de estar participando dos referidos eventos citados no item 2-f.

A FENEA é dividida em cinco diretorias. São elas: sul, sudeste (São Paulo), leste, centro-oeste e norte/nordeste (para obter mais informações, acesse o site www.fenea.org).

No caso, nossa regional é a sudeste, que está dividida entre 52 faculdades de Arquitetura e Urbanismo. A faculdade de Arquitetura e Urbanismo do CEUNSP vem ganhando força e reconhecimento a cada ano que passa pelos alunos que comparecem aos encontros e conselhos, expondo suas opiniões e dificuldades como estudantes.

Obs: o CACAU vem trabalhando para a melhoria do ensino de nossa faculdade e espera uma parceria amiga do CEUNSP, para poder dar continuidade aos trabalhos que estão trazendo benefícios para todos os estudantes.

"Sempre senti que a vida é mais importante do que a arquitetura. Daí dizer aos jovens que não basta sair da universidade como um ótimo profissional, mas como alguém que leu e sabe que a vida é injusta e deve lutar por um mundo melhor".

Oscar Niemeyer, Arquiteto

 
Veja também:
www.cacausalto.1br.net - © CACAUSalto "JWT" 2005