Retornar

[DOS Help INICIO]

Avançar
   

Comandos para Definir Configurações Múltiplas 

Um único arquivo CONFIG.SYS pode definir diversas configurações de sistema. Para definir configurações múltiplas, são usados os seguintes comandos especiais do CONFIG.SYS: 

<Include> 
<Menucolor> 
<Menudefault> 
<Menuitem> 
<Submenu> 

Para definir configurações múltiplas, siga as etapas a seguir: 

1 Defina um menu de inicialização no arquivo CONFIG.SYS usando um cabeçalho  [menu] seguido de um ou mais comandos <MENUITEM>. Os comandos  <MENUDEFAULT>, <MENUCOLOR> e <SUBMENU> podem ser usados para definir  características especiais no menu de inicialização. 

2 Crie um bloco de configuração no arquivo CONFIG.SYS para cada configuração desejada. Um bloco de configuração começa com um cabeçalho de bloco, um nome entre colchetes. Para cada bloco, inclua os <Comandos do CONFIG.SYS> a serem executados pelo MS-DOS quando essa configuração for selecionada no menu de inicialização. 

3 (Opcional) No arquivo AUTOEXEC.BAT, use Comandos de Lote como <GOTO><IF> para que o MS-DOS execute diferentes comandos do AUTOEXEC.BAT, dependendo da configuração de inicialização. 

Quando é selecionada uma configuração no menu de inicialização, o MS-DOS define uma variável de ambiente denominada CONFIG e a define como o nome do bloco de configuração selecionado. Para que o MS-DOS execute diferentes conjuntos de comandos para diferentes valores do CONFIG, inclua um comando GOTO %CONFIG% no arquivo AUTOEXEC.BAT.

Exemplos :

Definindo configurações múltiplas no arquivo CONFIG.SYS 

O seguinte arquivo CONFIG.SYS a seguir define duas configurações: 

[Menu] 
menuitem=Érick 
menuitem=Claudia 

[Common] 
dos=high 
buffers=15 
device=c:\dos\himem.sys 

[Érick] 
files=20 
device=c:dos\emm386 2048 

[Claudia] 
files=40 
device=c:\net\network.sys 

[Common] 

Este arquivo CONFIG.SYS configura o computador para Érick ou Claudia. Para ambas as configurações, o MS-DOS executa os três comandos da primeira seção [common]: DOS=HIGH, BUFFERS=15 e DEVICE=C:\DOS\HIMEM.SYS. Érick usa um programa de editoração eletrônica que requer memória expandida; portanto, sua configura‡ao inclui um comando para EMM386. Ele não utiliza a rede. Claudia usa a rede, mas não editoração eletrônica. Sua configuração inicia o controlador de rede. 

Definindo configurações múltiplas no arquivo AUTOEXEC.BAT :

Quando é selecionada uma configuração no menu de inicialização, o MS-DOS define uma variável do ambiente denominada CONFIG e a define como o nome do bloco de configuração selecionado. No arquivo AUTOEXEC.BAT, pode ser usado o comando <GOTO> para que o MS-DOS execute diferentes conjuntos de comandos para diferentes valores de CONFIG. 

O seguinte arquivo AUTOEXEC.BAT usa o comando GOTO com a variável CONFIG para executar diferentes conjuntos de comandos. Este arquivo AUTOEXEC.BAT foi criado para trabalhar com o arquivo CONFIG.SYS utilizado como exemplo na seção anterior. 

c:\dos\smartdrv.exe 
set temp=c:\temp 
c:\dos\msav 

; Ir para a seção que coincide com o valor 
; atual da variável do CONFIG 
goto %config% 

:Érick 
path=c:\dos;c:\deskpub;c:\typeset 
c:\mouse\mouse.com 
deskpub 
; agora pular seção Claudia e ir para o fim 
goto end 

:Claudia 
path=c:\dos;c:\network;c:\utility 
doskey 
net logon Claudia 
goto end 

:end 

Quando o MS-DOS executa este arquivo AUTOEXEC.BAT, ele inicia o SMARTDrive, 
define a variável do ambiente TEMP e inicia o programa Anti-Virus do MS-DOS. O MS-DOS então vai até a seção que corresponde ao valor da variável do CONFIG. 

Caso o nome da configuração selecionada seja "Érick", o MS-DOS vai até a seção Érick. Ele então define o caminho de pesquisa para Érick, carrega o programa MOUSE.COM a partir do diretório C:\MOUSE e executa o programa de editoração eletrônica. O comando GOTO END instrui o MS-DOS para pular para a seção End; este procedimento evita que os comandos da seção Claudia sejam executados para a configuração de Érick. 
Caso a configuração atual seja "Claudia", o caminho de pesquisa é definido de maneira diferente. O MS-DOS executa o programa Doskey e um comando Logon instrui o controlador da rede (carregado a partir do arquivo CONFIG.SYS) para conectar o computador á rede. 

Retornar

 

[Inicio]  [Cabo Serial e Paralelo]  [Cabo de Par Trançado]  [Cabo coaxial]  [DOS Help]  [Artigos e Tutoriais]  [Apostilas]  [Downloads]  [Links]  [ E-mail ]


http://www.conexaopcpc.com