Retornar

[DOS Help INICIO]

Avançar
   

DRIVER.SYS

Cria uma unidade lógica que pode ser utilizada para fazer referência a uma unidade de disco flexível física. Este controlador de dispositivo deve ser carregado através de um comando <DEVICE> ou <DEVICEHIGH> no arquivo CONFIG.SYS. 

Uma unidade lógica é um indicador para uma unidade de disco física em seu sistema. A unidade lógica ‚ associada a uma letra de unidade (por exemplo, A ou B). Você pode especificar parâmetros descrever a unidade de disco para o MS-DOS. 

Sintaxe :

DEVICE=[unidade:][caminho]DRIVER.SYS /D:número [/C] [/F:fator] [/H:cabeçotes] [/S:setores] [/T:trilhas] 

Parâmetro :

[unidade:][caminho] 
Especifica o local do arquivo DRIVER.SYS. 

Opções :

/D:número 
Especifica o número da unidade de disco flexível física. Os valores válidos para número estão no intervalo de 0 a 127. A primeira unidade de disco flexível física (unidade A) ‚ a unidade 0; a segunda unidade de disco flexível física ‚ a unidade 1; a terceira unidade de disco flexível física, que deve ser externa, ‚ a unidade 2. Para um computador com uma unidade de disco flexível, as unidades A e B serão 0; para um computador com múltiplas unidades de disco flexível, a unidade B será 1. 

/C 
Especifica que a unidade de disco física pode detectar se a porta da unidade está fechada (suporte para linha de troca). 

/F:fator 
Especifica o tipo de unidade de disco. Os valores válidos para fator são os seguintes: 

0 160K/180K ou 320K/360K 
1 1,2 megabytes (MB) 
2 720K (disco de 3 « polegadas) ou outro 
7 1,44 MB (disco de 3 « polegadas) 
9 2,88 MB (disco de 3 « polegadas) 

O valor padrão para fator ‚ 2. 

Geralmente, se você utiliza a opção /F, poderá omitir as opções /H, /S e /T. Verifique os valores padrão para estas opções para certificar-se de que elas estão corretas para o tipo de unidade de disco que está sendo utilizada. Para determinar os valores apropriados para a unidade de disco, consulte a documentação do fabricante da unidade de disco. 

Se você especificar as opções /H, /S e /T, poder  omitir a opção /F. 

/H:cabeçotes 
Especifica o número de cabeçotes da unidade de disco. Os valores válidos para cabeçotes estão no intervalo de 1 a 99. O valor padrão é 2. Para determinar o valor correto para a sua unidade de disco, consulte a documentação do fabricante da unidade de disco. 

/S:setores 
Especifica o número de setores por trilha. Os valores válidos para setores estão no intervalo de 1 a 99. O valor padrão depende do valor para /F:fator, como a seguir: 

/F:0 /S:9 

/F:1 /S:15 

/F:2 /S:9 

/F:7 /S:18 

/F:9 /S:36 

Para determinar o valor correto para a sua unidade de disco, consulte a documentação do fabricante da unidade de disco. 

/T:trilhas 
Especifica o número de trilhas por lado no dispositivo de bloco. Os valores válidos para trilhas estão no intervalo de 1 a 999. O valor padrão ‚ 80, a menos que /F:fator seja 0, sendo que neste caso o valor padrão seria 40. Para determinar o valor correto para a sua unidade de disco, consulte a documentação do fabricante da unidade de disco. 

Exemplos :

Para adicionar uma unidade externa de 720K ao seu sistema, adicione a seguinte linha ao arquivo CONFIG.SYS: 

device=driver.sys /d:2 

Visto que nenhum local foi especificado, o MS-DOS procurar  pelo DRIVER.SYS no diretório principal de sua unidade de inicialização. 

Vamos supor que você deseja utilizar uma única unidade de disco externa de 1,44 megabytes para copiar os arquivos de um disco flexível para outro. Para tanto, você deve adicionar dois comandos DEVICE idênticos para o DRIVER.SYS no arquivo CONFIG.SYS. Este procedimento atribui duas letras de unidade lógica à mesma unidade física. Pode-se então trocar de disco na mesma unidade durante o processo de cópia. O seguinte exemplo demonstra como isto pode ser feito: 

device=driver.sys /d:2 /f:7 
device=driver.sys /d:2 /f:7 

Observações :

Suporte para linha de troca da unidade de disco 

O termo "suporte para linha de troca" significa que uma unidade de disco física pode detectar quando a porta da unidade está aberta ou fechada. O suporte para linha de troca possibilita uma operação mais rápida do MS-DOS com discos flexíveis. A opção /C indica ao MS-DOS que a unidade de disco física pode suportar a detectação de erro de linha de troca. Para determinar se a sua unidade de disco possui suporte para linha de troca, consulte a documenta‡ao do fabricante da unidade de disco. 

Modificando ou redefinindo uma unidade de disco física suportada 

Para obter informações sobre a modificação dos parâmetros de uma unidade de disco física suportada pelo seu hardware, consulte o comando <DRIVPARM>
Você também pode utilizar DRIVER.SYS para redefinir uma unidade de disco flexível física. 

Limitações do DRIVER.SYS :

Você não pode utilizar o DRIVER.SYS com unidades de disco rígido. Para obter informações sobre a substituição de uma letra de unidade lógica para uma unidade de disco rígido, consulte o comando <SUBST>

Criando uma unidade lógica duplicada :

Vamos supor que você deseja utilizar uma unidade de disco flexível para copiar os arquivos de uma unidade de disco para outra. Visto que não é possível copiar a partir de e para a mesma unidade lógica utilizando o comando COPY ou XCOPY, deve-se atribuir uma segunda letra de unidade àquela unidade física. 

Se o seu sistema possui apenas uma unidade de disco flexível física, não é necessário instalar o DRIVER.SYS para esta finalidade. O MS-DOS já  atribui ambas, a unidade lógica A e a unidade lógica àquela unidade. Apenas copie os arquivos da unidade A para a unidade B e troque os discos ao aviso do MS-DOS. 

Se o seu sistema possui mais de uma unidade de disco flexível, será necessário utilizar o DRIVER.SYS para atribuir uma segunda letra de unidade à unidade de disco flexível física. 

Criando uma nova unidade lógica com diferentes parâmetros :

Se você utilizar DRIVER.SYS para atribuir uma unidade lógica que possui parâmetros diferentes daqueles da unidade lógica atribu¡da anteriormente, os parâmetros da unidade lógica anterior serão inválidos. Assim, a letra de unidade correspondente a unidade lógica anterior não deve ser mais utilizada.

Retornar

[Inicio]  [Cabo Serial e Paralelo]  [Cabo de Par Trançado]  [Cabo coaxial]  [DOS Help]  [Artigos e Tutoriais]  [Apostilas]  [Downloads]  [Links]  [ E-mail ]


http://www.conexaopcpc.com