Retornar

[DOS Help INICIO]

Avançar
   

FASTOPEN 

Inicia o programa Fastopen, que melhora o desempenho de computadores com grandes diretórios. O Fastopen diminui o tempo necessário para abrir arquivos utilizados com frequência. O comando FASTOPEN não deve ser usado após a inicialização do Windows. 

O Fastopen rastreia a posição dos arquivos no disco rígido e armazena essa informação na memória, para acesso rápido. 

Sintaxe :

FASTOPEN unidade:[[=]n] [unidade:[[n][...]] [/X] 

No arquivo CONFIG.SYS, use a seguinte sintaxe: 

INSTALL=[[unidade-dos:]caminho-dos]FASTOPEN.EXE unidade:[[=]n] [unidade:[[=]n][...]] [/X] 

Aviso: Para evitar a perda de dados, não execute programas de descompactação, como o Microsoft Defragmenter enquanto o FASTOPEN.EXE estiver carregado. 

Parâmetros :

[unidade-dos:]caminho-dos 
Especifica a posição do FASTOPEN.EXE. 

unidade: 
Especifica uma unidade de disco rígido para a qual se deseja que o Fastopen rastreie a abertura de arquivos. 


Especifica o número de arquivos que o Fastopen consegue manipular ao mesmo tempo. Os valores válidos para n vão de 10 a 999. O valor padrão é 48. 

Opção :

/X 
Cria o cachê na memória expandida, ao invés de memória convencional. O cachê é uma área da memória na qual o MS-DOS armazena as posições e nomes dos arquivos abertos. Esse cachê está de acordo com a versão 4.0 da Especificação de Memória Expandida Lotus/Intel/Microsoft (LIM EMS).

Observações :

Como o Fastopen rastreia as informações :

Toda vez que um arquivo é aberto, o Fastopen registra seu nome e posição no cachê. Se um arquivo gravado pelo Fastopen for aberto mais tarde, o tempo de acesso será bastante reduzido. 

Limitações ao uso do Fastopen :

O Fastopen funciona somente em discos rígidos e não funciona na rede. Pode ser usado com até 24 partições de disco rígido de uma só vez. Para cada partição, o Fastopen é capaz de rastrear o número de arquivos especificado pelo parâmetro n. O número máximo de arquivos que podem ser rastreados pelo Fastopen em todas as partições é 999. 

Não é possível executar mais de uma cópia do Fastopen ao mesmo tempo. Para alterar as configurações desse programa, é necessário reinicializar o MS-DOS. 

O comando Fastopen não deve ser usado a partir do MS-DOS Shell, pois isso travaria a máquina. 

Requisitos de memória para o Fastopen :

O Fastopen necessita de aproximadamente 48 bytes de memória para cada arquivo rastreado. 

Incluindo o comando FASTOPEN no arquivo CONFIG.SYS :

O comando Fastopen pode ser incluído no arquivo CONFIG.SYS usando o comando INSTALL. Use esta técnica quando não quiser iniciar o Fastopen a partir da linha de comando do MS-DOS nem do arquivo AUTOEXEC.BAT.

Exemplo :

Para que o MS-DOS rastreie a posição de 100 arquivos na unidade C, inclua a seguinte linha no arquivo CONFIG.SYS: 

install=c:\dos\fastopen.exe c:=100

Retornar

[Inicio]  [Cabo Serial e Paralelo]  [Cabo de Par Trançado]  [Cabo coaxial]  [DOS Help]  [Artigos e Tutoriais]  [Apostilas]  [Downloads]  [Links]  [ E-mail ]


http://www.conexaopcpc.com