Livros Recomendados:
Edições Atuais em Fisio Pediatria

Coluna mensal da Dra. Carla de J. Rodrigues, fisioterapeuta e coordenadora do fisiopediatria - Laboratório de Pesquisa em Saúde Infantil


Estimulando a mente do seu bebê
Autor: Dr. S. H. Jacob, Editora Madras

Uma fonte de referência e inspiração para atividades e outras dicas úteis a serem feitas por exemplo na decoração do quarto do bebê que irão ajudá-lo a se desenvolver psíquica e motoramente. São abordadas não só as atividades e ações indicadas para cada fase da criança até seus 24 meses de idade, mas também a justificativa, ito é, o porquê cada brinquedo será importante naquela fase.
Para os profissionais ou interessados mais "a fundo" trata-se de um guia prático sobre o trabalho e conclusões do famoso psicólogo que estudou o desenvolvimento da inteligência (cognição) da criança, Jean Piaget.


Como nasce o bebê
Autor: Amy B. Tuteur, Editora Quark Books

Esse livro é muito recomendável até mesmo para as mamães e papais de segunda viagem pois explica muito ididaticamente e em linguagem de fácil acesso os principais tópicos do desenvolvimento do feto, cuidados, possíveis alterações, explica procedimentos laboratoriais (exames) e médicos como por exemplo manobras durante o parto. Um excelente guia para o período da gestação.


Cuidados para seu bebê e criança pequena: do nascimento até 5 anos
Nome Original: Caring for your Baby and Young Child: Birth to age 5

Em inglês e espanhol
Resenha: Responde às suas perguntas sobre medicina e paternidade, orienta a como agir em situações emergenciais.
Mais de 80 especialistas pediátricos contribuíram para aconselhar e desenvolver essa fonte de informação para os pais. Sob os cuidados de direção de edição dos pediatras Steven P. Shelov, MD, MS and Robert E. Hannemann, inclui ainda: cuidados básicos na infância até 5 anos; guias e marcos do desenvolvimento físico, emocional, social e cognitivo; um guia completo de saúde incluindo lesões, doenças congênitas e outras deficiências e discussão sobre temas familiares desde adoção até mães que trabalham. Vale a pena procura-lo em uma mega store e ver se é um tipo de literatura que você, papai e/ou mamãe está procurando.

Ano de Publicação: 2000
720 páginas.


Momentos Decisivos do Desenvolvimento Infantil
Autor: T.Berry Brazelton, Editora Martins Fontes

Um livro de referências escrito por um pediatra que atendeu cerca de 25 mil crianças e que tem um programa de TV sobre bebês. Comenta desde a gravidez aos 6 anos, todas as questões que os pais colocam sobre comportamento, os sentimentos, o desenvolvimento de seus filhos.
O livro facilita a vida do leitor fazendo uma exposição cronológica e uma descrição temática, sempre acompanhado de fotos em preto e branco. Os momentos decisivos correspondem aos picos do desenvolvimento e aos períodos de regressão que os acompanham durante toda a infância. O livro é dividido em três partes: momentos críticos (desde a gravidez aos 3 anos, mês a mês), ameaças ao desenvolvimento (desde amigos imaginários até os problemas de linguagem e audição) e aliados do desenvolvimento (pais, avós, amigos, médicos, instituições).


O Bebê: O Primeiro Ano de Vida de Seu Filho
Autor: A.Eisenberg/H.E.Murkoff/S.E.Hathway, Editora Martins Fontes

Trata-se uma enciclopédia completa sobre os primeiros 12 meses de vida dos bebês. O melhor presente que mães e pais de primeira viagem podem ganhar tem literalmente tudo sobre o que acontece com o bebê e com a mãe.
Segundo o Dr. Henry Harris, membro da Academia Americana de Pediatria, um bebê é uma fonte de prazer e emoção, mas também provoca muita ansiedade. De início as responsabilidades dos pais parece espantosamente grande, mas a natural insegurança e preocupação são controláveis sempre que se pode contar com conselhos tranqüilizadores, informações práticas e uma eventual noite bem dormida.

O livro compreende: o primeiro ano, questões de interesse especial e pronta referência. Trechos: "Toda a criança é única, toda família é única, toda situação é única. Até que os bebês compreendam o que é seguro e o que não é, ou pelo menos quais ações são aceitáveis e quais não são, os pais têm total responsabilidade por dar segurança ao ambiente dos bebês. A ausência de amor por parte dos pais coloca em risco a auto-estima da criança. A disciplina mais eficaz não é nem excessivamente rígida nem demasiado permissiva; é individualizada. As circunstâncias podem alterar a reação da criança à disciplina. Os direitos devem ser distribuídos com justiça entre pais e filhos. Ninguém é perfeito e nem deve ter a obrigação de ser."

Dra. Carla de J. Rodrigues; Fisiopediatria - Pesquisa em Saúde Infantil, São Paulo/SP, Brasil.
Contato: cax_fisio@yahoo.com, bip (0xx11) 3444-4545 cod. 154661.
1