PERGUNTAS FEITAS COM FREQUÊNCIA

03. O QUE É O CREPÚSCULO DOS SUPER-HERÓIS?

Crepúsculo dos Super-heróis foi uma proposta que Alan Moore submeteu à DC Comics em 1987, antes da cisão dele com a companhia.

Basicamente, a história era sobre o Ragnarok, o Crepúsculo dos Deuses, a destruição do mundo no último grande conflito entre os deuses e as forças de mal. A história enfocou no interesse dos dois mais poderosos grupos de super-heróis, a Casa de Aço (o Super-homem, etc.) e a Casa de Trovão (Capitão Marvel, etc.) de formar uma aliança e potencialmente reger o mundo. Encabeçando a oposição estavam John Constantine e uma tropa de heróis secundários vistos através de uma ótica semi-realista.

A proposta nunca decolou e foi mantida em relativo segredo até que apareceu em um fanzine de ficção científica anônimo e foi transferido à rede por fãs tambem anônimos. Embora houvessem algumas suspeitas iniciais sobre a autenticidade da proposta, a autoria foi confirmada por Alan Moore e pela DC Comics.

.
O artista e escritor Rick Veitch comentou: Rapaz, isso foi a muuiiito tempo atrás, e os neurônios responsáveis pela minha memória já se dividiram ou sofreram mutação durante esse tempo, mas acho que a DC tinha se negado em fazer O Crepúsculo. Alan saiu da DC antes que eles pudessem decidir algo.

Cerca de um mês ou algo assim, antes sair da DC, Alan me telefonou para saber se eu estava interessado em fazer O Crepúsculo. Algumas pessoas da DC queriam George Perez no trabalho, mas Alan tinha reservas sobre isso. Naquela altura, eu estava terminando Swamp Thing #60, e me preparando para fazer Miracleman #11. De algum modo, num ataque de de loucura, fiquei com a idéia de que poderia fazer TANTO Miracleman quanto O Crepúsculo ao mesmo tempo. A idéia me parece absolutamente insana e impensável para mim agora, e estou certo que se realmente eu tivesse começado a trabalhar nisso, eu já teria virado pó a muito tempo atrás.

Quando Alan deixou a DC, disse o artista e escritor Bill Willingham, parecia que havia uma procura desesperada nos escritórios para encontrar algo que ele tenha feito, notas estranhas ou cosas assim, para converter em histórias em quadrinhos. Acho que O Crepúsculo o mais cru desse material reciclado de Alan Moore, mas há material o bastante naquela proposta para fomentar histórias de talentos menores, ao menos até... O Reino do Amanhã?

É verdade! Há muitas semelhanças entre a proposta e a série Reino do Amanhã. O escritor da série, Mark Waid, disse que viu a proposta de O Crepusculo... para escrever a história de o Reino do Amanhã.

A DC declara ser dona da proposta e proíbe a sua exibição. Porém, ainda é possível encontrar o texto integral da proposta na Internet, através de newsgroups (N. do T.: Eu mesmo já consegui uma cópia da que parece ser a proposta original. Mas como o texto é muito extenso, sua tradução está sendo feita aos poucos, e num futuro próximo espero disponibilizá-lo aqui no site).


Voltar

 
 
 
1 1