Educação OM LINE!


Projeto para a Turma de Progressão da E.M. Vicente Licínio Cardoso!

Repensando sobre que práticas educativas atuar com "crianças" (nove a 14 anos), de forma a atender definitivamente seus anseios e necessidades, predispus-me durante os dias de folga (Feriado do Carnaval) a elaborar um grupo de atividades que despertassem o interesse de alunos que já adivinham as palavras da professora quando ela apresenta o mesmo sistema de leitura ou escrita , tão ineficiente hoje, em sala.

Dessa maneira, pensar em atividades que sejam identificadas por crianças-adolescentes, demanda esforço para entender quais as esferas da vida que se tornam significativas, bem como compreender o significado de cada uma delas na construção da sua auto-imagem.

Essa identidade não deve se restringir a um grupo isolado ou a um indivíduo em particular, mas sim, a interação do indivíduo em um grupo, onde irá atuar e sofrer a atuação deste. Deve-se desde já pensar em prepará-lo para a inserção e atuação na sociedade e não em um futuro distante.

A escolha de um projeto particular que atenda a turma se tornaria difícil se a Escola não tivesse um trabalho em que se apoia para atuar sua práxis educativa. E também, com o mundo de informações que bombardeiam os sentidos de nossas crianças, muitas vezes interfere em qual a melhor opção entre tantas.

Tomando por base as conversas, os interesses demonstrados, os fracassos e algumas vitórias, vamos trabalhar com a turma o seguinte projeto:

Minha profissão!

O projeto sugere a inserção dos outros temas transversais como: Ética e sociedade; a Ética na educação escolar; Respeito mútuo, Justiça, Solidariedade e Diálogo; Pluralidade Cultural: direitos humanos, direitos de cidadania e pluralidade; Meio Ambiente: a relação entre a comunidade e a escola; Saúde: Drogas, Vida coletiva; Orientação Sexual: prevenção das doenças sexualmente transmissíveis/AIDS; Trabalho e Consumo: Os jovens, a escola e a inserção no trabalho;

Objetivo: Desenvolver as capacidades e competências necessárias que permitam ao educando eleger critérios de ação pautados na justiça que levem à participação social efetiva; reconhecer as qualidades da própria cultura valorando-a; compreender a desigualdade social como um problema de todos e como uma realidade passível de mudanças, adotar posturas na escola, em casa, e em sua comunidade que os levem a interações construtivas justas e ambientalmente sustentáveis; compreender saúde como direito de cidadania, valorizando as ações voltadas para sua promoção, proteção e recuperação; conhecer seu corpo, valorizar e cuidar de sua saúde como condição necessária para usufruir prazer sexual e proteger-se de relacionamentos sexuais coercitivos ou exploradores; identificar e comparar diferentes instrumentos e processos tecnológicos, analisando seu impacto no trabalho e no consumo e sua relação com a qualidade de vida, ao meio ambiente e à saúde;

Estudo das diferentes forma de atuação no mercado de trabalho. Qualificações e competências. Escolha de uma possível profissão para o futuro;

Tendo por base a entrada precoce dos alunos da escola no mercado de trabalho, nada como conversar com eles a respeito dos trabalhos e profissões que conhecem e prepará-los da melhor forma possível para isso.

Assuntos que iremos trabalhar:

  1. Trabalho e consumo;
  2. Respeito mútuo, justiça, solidariedade, diálogo;
  3. Distribuição de renda e consumo;
  4. Trabalho, consumo, saúde e meio ambiente;
  5. Direitos humanos: E.C.A; Ética; Valores Humanos; Cidadania;
  6. Direito dos trabalhadores;
  7. Direito dos Consumidores;
  8. Escolha das profissões;
  9. Sociedade e meio ambiente;
  10. Drogas: situando o problema em suas reais dimensões;
  11. Sexualidade na infância e na adolescência;
  12. Prevenção das doenças sexualmente transmissíveis/AIDS;

 

Todos esses tópicos estão inseridos no projeto político pedagógico da escola que visa o resgate do respeito, da solidariedade e da construção da Cidadania.

Como executar o trabalho com a turma:

Avaliação:

Ao final do primeiro trimestre o aluno deverá:

Ler e escrever corretamente, executar cálculos com lógica e compreensão sabendo qual tipo de algoritmo utilizar. Expressar-se com desembaraço sabendo comunicar-se corretamente. Ter postura crítica, ética, solidária e comprometida com o meio em que vive. Valorizar a escola como espaço privilegiado para a construção de sua cidadania e saber. Ter noção do que pretende fazer assim que ingressar no mercado de trabalho convencional.

Apresentação de um trabalho, desenvolvido pelos grupos, com o tema : ‘Violência no faz-de-contas: Amizade na vida real";

Mini-projeto: " Eu sou um coelhinho". Pesquisa de receitas, confecção de receita, estudo do valor nutritivo do chocolate, música, símbolos da Páscoa e seus significados, desenvolvimento da amizade e solidariedade e compreender o verdadeiro significado da Páscoa . Troca de cartões, escrever e enviar cartões para os professores e funcionários da escola.

Mini-projeto: "Meu livro de histórias..."

Mini-projeto:"Quem me dera ser Índio!"

Mini-projeto:"Inconfidência Mineira"!

Mini-projeto:"Que País é esse?"

Mini-projeto:"Meu Trabalho!"

Projeto Progressão - Parte I

Veja mais sobre Educação OM LINE!