Poesais Etográficas - Soneto 20

Setas

 

  Quero teus olhos, para iluminar - os nossos sonhos lindos.
  Tua boca será sacrário, aonde depositarei os beijos puros.
 
Teus ouvidos, apenas... Ouvindo, os meus apelos infindos.

 
Teus seios - desejo-os reais e médios... Ternamente duros.


 No umbigo
, ficarei extasiado e... Descansarei um instante.
 Depois acariciarei a maçã. Este coração mais desesperado.
 Coxas afastadas s
ão setas - desta exploração emocionante.
 Sinais a indicarem a realização de sonhos quase realizados.

Tua alma quero pura... Como o botão - que ainda, não é flor.
Sorrisos serão... As suaves melodias da canção  mais linda.
De milhões de amantes, docemente, para mulheres amadas.

Enfim nossas ilusões e esperanças transformadas em amor.
A explosão de uma louca - paixão desesperadamente infinda.

 
Realização absoluta: de nossas fantasias mais desesperadas.

 

Gostou deste Soneto?
Envie o endereço aos seus amigos (as) ou para seu  Amor.  Através do seu E-mail ou pelo MSN.   
http://br.oocities.com/ed_poeta1/ref_son20.htm

Edvaldo Feitosa
( Direitos autorais reservados)
* Fundação Biblioteca Nacional - nº180859 *







   Soneto       21

  Home Page   2

                  Home  Page  1                 

Soneto          19

E-mail

 

Site n° 1

          A pomba levará você à  Página Inicial.

 

1