Poesias Etográficas

   

 

Sublime Tentação

 

Quando Pisa, estremece a minha Alma.
És enfim, minha alegria, meu tormento.
Teus Carinhos... Bálsamos que Acalma.
As negativas... A razão - do sofrimento.

Olhos duas estrelas de Belezas Infindas.
A boca bússola - orientando para o Céu.
Seios pérolas raras entre as mais Lindas.
Do umbigo, vislumbra-se um tênue Véu.

O Bumbum é um Panorama. Alucinante.
De frente Triângulo delineado e Conciso.
Desperta louco desejo de prazer Sensual.

Por trás e pela frente, tentação constante.
Caminhos para o Amor - levar ao Paraíso.
Levando-te ao delírio, do Orgasmo. Total.

 

 

 

 

 Soneto       51

Home Page  2

  Home  Page 1

 Soneto      
49

  E-mail

 
 
 Gostou deste Soneto?
 Envie para quem Você Ama. 

Envie o endereço aos seus amigos (as) ou para seu Amor. Através do MSN ou E-mail.
http://br.oocities.com/ed_poeta1/ref_son50.htm

 

Edvaldo Feitosa
( Direitos  autorais  reservados  sob  o  nº 180859 )
* Fundação Biblioteca Nacional *



 

 

1