[página atualizada em 24/03/2009]

douglasdickel*yahoo.com.br
google
blog
orkut

Douglas Dickel faz catarses musicais, fotoartes e escritos poéticos.
Encomende as obras que o Douglas Dickel criou ou ajudou a criar:

(2004) R$ 10 [disco] Blanched: Blanched toca Angelopoulos [esgotado; há somente encartes disponíveis] - download
(2004) R$ 15 [livro] Douglas Dickel & Muriel Paraboni: Ambivalência - compra
(2005) R$ 15 [disco] input_output - eu contenho todos os meus anos dentro de mim [últimos exemplares] - download
(2005) R$ 00 [disco] input_output: Polissonografia - download
(2006) R$ 90 [quadro] foto emoldurada da exposição Mínimo Intenso
(2007) R$ 15 [disco] Hotel: Térreo - compra | download
(2007) R$ 15 [disco] Blanched: Avalanched - compra | download
(2008) R$ 15 [disco] Pelicano: Oito meses para a migração - download
(2008) R$ 00 [disco] input_output + Pan&tone: Panetone sessions #5 - download
(2008) R$ 00 [disco] input_output + Pan&tone + Dom Pedro: Porco-espinho - download
(2008) R$ 15 [disco] Hotel: Segundo andar - em mixagem




1. catarses musicais

Idealizou e organiza os projetos input_output (eletrônica experimental) e Hotel (tipo Desert Sessions), além do John Dear (covers), que está em fase de ensaios para estrear nos palcos ainda em 2009. Tocou nas bandas Blanched (post-rock), Pelicano (indie rock/guitar noise/stoner), O RESTAURANTE DO FIM DO UNIVERSO (covers), Tom Bloch (indie rock) e Poliéster (indie rock/post-rock). (Com a Tom Bloch, ajudou a criar a música 'Nessa casa', do primeiro disco da banda: 'Tom Bloch', de 2003.) Além disso, fez a trilha sonora do curta-metragem cinematográfico Miopia, juntamente com seu diretor, Muriel Paraboni, assinando como Animinimal. Em 2006, foi jurado do Festival Interno da Canção Anchietana (FICA). Em 2007, duas músicas do input_output - 'Aço, asfalto, plástico' e 'Polissonografia' - foram trilha sonora do curta/vídeo-arte 'Anagrama', de Fernanda Severo e Jaqueline Debastiane (TecCine/PUCRS), a convite da diretora de fotografia Maria Clara Bastos. Participa com certa freqüência, lendo textos seus e fazendo ruído/música, dos saraus organizados pelo Paulo Scott: Póquet Ruído & Literatura, Mini-Mundo Sem Comercial e Primeiro Popular Porto Alegre. Participa também de improvisos com adeptos da "música livre" em Porto Alegre. Em julho de 2008, fez, como input_output, um dos quatro remixes do single 'Dubster', para o terceiro disco da banda FireFriend, de Yury Hermuche, ex-Frank Poole e parceiro de Douglas no primeiro disco do Hotel. Participou de fanzines sobre música, tendo sido editor do MusicZine e membro do projeto O Apanhador, e escreveu para as revistas Aplauso (RS) - leia 'Alta fidelidade' - e Rock Press (RJ). Tem um HD de 250 Gb para abrigar seus incontáveis discos em MP3, escolhidos em pesquisas diárias de artistas importantes e discos recém-lançados, o que o impele também a fazer, desde 2005, listas anuais dos melhores discos e das melhores músicas. Tem uma pasta no HD com mais de 400 arquivos só de covers e suas originais. Pelo mesmo interesse em seleções musicais, é radialista locutor-apresentador formado pela Fundação Educacional Padre Landell de Moura (FEPLAM), tendo trabalhado na rádio Unisinos FM 103.3 - oito meses como redator e, como locutor, um mês fixo e alguns programas avulsos. Atuou já como ator de performance para o Club D'Essai.


2. fotoartes

Expõe virtualmente suas fotografias minimalistas/abstracionistas e de gatos no Flickr e realizou sua primeira exposição, Mínimo Intenso, de 16 de fevereiro a 12 de março de 2006, na Galeria dos Arcos (Usina do Gasômetro) - financiado pelo Edital 01-2005 do Fumproarte. (Das 50 fotos expostas, 9 foram roubadas do local. O material gráfico da exposição foi da designer Amanda Müller Reche.) Ficou em 5º lugar num concurso de fotos de gatos do site Gato & Gateiros; apresentou um trabalho com 20 fotos em 26 de agosto de 2007, na segunda edição da Pecha Kucha Night: Porto Alegre; e recebeu o 2º lugar no 3º Concurso Fotográfico do Sintrajufe/RS (Sindicato dos Trabalhadores nas Justiças Federais do Rio Grande do Sul) cujo tema era sombras, tendo a foto premiada sido selecionada para figurar no calendário 2008 desse sindicato.


3. escritos poéticos

Douglas lançou, em setembro de 2004, pela editora Movimento e com financiamento do Fumproarte (Fundo Municipal de Apoio à Produção Artística e Cultural de Porto Alegre), seu primeiro livro, cujo título/tema é Ambivalência. A obra rendeu o prêmio de autor revelação da 50ª Feira do Livro de Porto Alegre, em 2004 (recebido junto com o co-autor, o amigo Muriel); a participação no júri do concurso Poemas no Ônibus, 14ª edição (2005/2006), organizado pela Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre; e o convite para escrever a orelha de Entre, livro de contos do Antônio Xerxenesky. Sua poesia 'Olho mágico' recebeu menção honrosa na 4ª edição do concurso Expresso das Letras, realizado em 2007 e com premiação em 2008. Também de 2007 para 2008 foi finalizado o curta/vídeo-arte 'Anagrama', de Fernanda Severo e Jaqueline Debastiane (TecCine/PUCRS), para o qual Douglas escreveu dois poemas, a convite da diretora de fotografia Maria Clara Bastos. Participa com certa freqüência, lendo textos seus e fazendo ruído/música, dos saraus organizados pelo Paulo Scott: Póquet Ruído & Literatura, Mini-Mundo Sem Comercial e Primeiro Popular Porto Alegre. No momento, tenta dar seqüência ao trabalho com contos que iniciou - e parou - em 1999, tendo escrito dois contos baseados em discos do Sonic Youth e se inscrito na oficina literária do Charles Kiefer, que está em andamento.


1.1. listas de músicas dos discos


input_output - Eu contenho todos os meus anos dentro de mim (2005)

01. Eu contenho todos os meus anos dentro de mim (0:47) (Douglas Dickel)
02. Caminho (3:08) (Douglas Dickel)
03. Joelho (3:01) (Douglas Dickel)
04. Escombros (2:59) (Douglas Dickel)
05. Aço, asfalto, plástico (3:04) (Douglas Dickel)
06. Cada vez mais (4:06) (Douglas Dickel)
07. Aranhas versus abelhas (2:22) (Douglas Dickel)
08. Medo (0:56) (Douglas Dickel)
09. Indústria brasileira de lavadoras automáticas (2:17) (Douglas Dickel)
10. Albatroz (3:39) (Douglas Dickel)
11. Insect-project (2:17) (Douglas Dickel)
12. Joseph Campbell (3:38) (Douglas Dickel)
13. Banho quente (3:02) (Douglas Dickel)
14. Qualquer lugar/somewhere (2:16) (Douglas Dickel)
15. Squash/póquet (20:04) (Douglas Dickel)


Blanched - Blanched toca Angelopoulos (2004)

01. Tristes dos que procuram dentro de si respostas porque lá só há espera (3:49) (Leonardo
Fleck/Douglas Dickel)
02. Cada um (9:14) (Leonardo Fleck)
03. Hoje eu tou melhor (8:04) (Daniel Galera)
04. Um palhaço no campo de concentração (4:51) (Leonardo Fleck)
05. Casa de descanso (12:25) (Leonardo Fleck/Douglas Dickel)


Blanched - Avalanched (2007)

01. Avalanche # (0:33) (Douglas Dickel/Marcelo Koch)
02. Barbaritude (6:33) (Daniel Galera)
03. O final de O Incrível Hulk (6:07) (Douglas Dickel)
04. Avalanched (0:51) (Douglas Dickel)
05. Cora (6:59)(Leonardo Fleck/Douglas Dickel)
06. Valsa # (4:28) (Leonardo Fleck)



Hotel - Térreo (2007)

01. Quarto 110 (14:06) (Douglas Dickel)
02. Quarto 115 (9:04) (Marcelo Koch)
03. Quarto 106 (8:22) (Renan Stiegemeier)
04. Quarto 101 (11:01) (Yury Hermuche)
05. Quarto 104 (9:58)


Pelicano - Oito meses para a migração (2008)

01. Turbulência (4:21) (Pedro Xerxenesky/Douglas Dickel)
02. Tesoura e pernas (3:41) (Bruno Galera/Douglas Dickel)
03. Foi isso (4:02) (Douglas Dickel)
04. Pelicanos (3:19) (Douglas Dickel)
05. Sol escarrado de cinza (2:55) (Douglas Dickel/Muriel Paraboni)
06. Mutante (4:04) (Madi Pacheco/Douglas Dickel)
07. Chegou a vez (6:36) (Douglas Dickel)
08. Pára (5:28) (Bruno Galera)


foto de fundo: Douglas Dickel
1