Poesias Etográficas

Poema - 3

A Felicidade
 

Pensas enfim que a tal Felicidade.
Depende dos sonhos inatingíveis...
Mas é um sonho lindo na verdade...
Ela é Arte de ser feliz com factíveis.
Nunca encontrarás nem esperança.
Quanto menos à ilusão de ser Feliz.
Se não velejares sonhos na bonança
Sorte é uma linha sinuosa feita a giz.


Observas as rosas entre os acúleos!
Já te emocionastes com os sorrisos.
Da pequena flor - quase Desbotada...
Dos sons das crianças feitos guizos.
Sem a linda ilusão - só existe o nada.
Talvez nem consigas enfim acreditar!
Na história de Bilac - ouvir centelhas.
E, ele deixou dito que é preciso amar.
Para ouvir e conversar - com estrelas. 
 

 Nunca observastes - criança iniciando.
Primeiros passos trôpegos e perfeitos.
São as leis impondo os seus conceitos.
Sem mesmo nem andar - engatinhando.
Pode vir a ser amanhã campeã olímpica.
Errando elas corrigem todos os defeitos.
Mas os Homens dependem dos enigmas.
Enganam-se ao julgarem eles escorreitos.
 Desconhecidos rios indecifráveis de Deus.
Aonde navegam os mistérios meus e teus.


Fizestes, afinal, a tua querida amada Feliz.

Era tudo do mínimo, que, tu poderias fazer.
Acreditastes na ilusão que, o coração quis,
Compreendestes que imaginar não é saber.
Talvez tudo nesta vida: seja do sonho a cria,
Esperar encontrar a tão sonhada felicidade.
Como se ela fosse o resultado da fatalidade,
Sem se ter tentado, o máximo real para valer.
O maior atestado ingênuo de não saber viver.
 

Imaginas o teu coração ser cego ou mouco?
Pensas em agradar ou conquistar o Mundo...
Mesmo sufocando teu sonho mais profundo,
Meu querido irmão és completamente Louco.
Eu repito compreende, a sonhada Felicidade,
Procurada, desde a mais remota - eternidade,
Pois todo mundo sempre quer e sempre quis,
Felicidade é áurea da linha da sorte feita a giz.

   Edvaldo Feitosa
( Direitos autorais reservados)
* Fundação Biblioteca Nacional - nº 180859*

 



 




    Poema         4

   Home Page 1

  Home Page 2

Poema        2

E-mail

Gostou deste Poema?
Envie o endereço aos seus amigos (as) ou para seu  Amor. 
Através do seu E-mail
ou
 MSN.     
 http://br.oocities.com/ed_poeta1/ref_po3.htm

 

 

 
1