Vampiro A Mascara - Home

[História Antiga] [A Gehenna] [A Camarilla] [O Sabá]











A Inevitável Advertência

Vampiro: A Máscara é um jogo que requer imaginação, esforço criatividade e, acima de tudo, maturidade. Parte dessa maturidade é perceber que Vampiro é somente um jogo, e que as situações descritas nas paginas a seguir são completamente imaginárias. Ao derrotar alguém jogando Banco Imobiliário, você não vai hipotecar a casa dele. Se você afunda alguém em Batalha Naval não vai começar a jogar bombas incendiaras nos navios. A mesma regra se aplica a qualquer jogador de RPG ou jogo de narrativa.
Em outras palavras você NÃO é um vampiro. Quando o jogo acaba, deixe de lados os livros, dados e aproveite sua vida; e deixe as outras pessoas aproveitarem as delas.
Para 99,9% de vocês que são suficientemente conscientes para não precisar desse aviso, BOM DIVERTIMENTO.
Para os outros, é recomendado que não prossiga.

Vampiros

Cadáveres sanguessugas erguidos dos túmulos para beber do sangue dos vivos. Monstros condenados ao Inferno que evitam sua punição roubando a vida dos outros. Predadores eróticos que retiram seu sustento de homens e mulheres inocentes, que tentam resistir (ou cedem involuntariamente?) aos seus encantos.
Desde o início dos tempos, a humanidade fala do vampiro – o morto-vivo, os espírito demoníaco incorporado em carne humana, o cadáver que se ergue de sua tumba possuído de uma ardente fome por sangue quente. Da Hungria a Hong Kong, de Nova Déli a Nova Iorque, pessoas em todo o mundo têm sentido arrepios de terror e deleite contemplando as façanhas do predador noturno que é o vampiro. O vampiro assombra os romances, filmes, séries de TV, vídeo games, a moda e até mesmo os cereais matinais.
Mas estas histórias são apenas mitos, certo?
Errado.
Os vampiros têm estado entre nós desde os tempos pré-históricos. Eles ainda caminham entre nós. E Vêm travando uma grande guerra secreta desde as primeiras noites da história humana. O desfecho dessa luta interminável pode determinar o futuro da humanidade – ou a sua completa perdição.

Contando Histórias

Este website é destinado para consulta e entretenimento, baseado no jogo de RPG “Vampiro: A Máscara”, todo o conteúdo deste é ficção. Vampiro: A Máscara, um jogo de Narrativa de Horror Pessoal, onde você e seus amigos podem assumir o papel de vampiros e contar histórias sobre triunfo dos personagens, os seus fracassos, as suas façanhas secretas e os vislumbres de bondade.
Num jogo de narrativa, os participantes criam personagens usando as regras contidas no livro e os conduzem através de dramas e aventuras, chamadas apropriadamente de histórias, que são contadas através da combinação dos desejos dos jogadores e das diretrizes do Narrador.
Os jogos de narrativa, ou RPG, são parecidos com diversos jogos de interação social. Mas são também bastante distintos. Cada jogador interpreta um personagem – no caso, um vampiro – e participa de uma forma de improvisação teatral, dizendo o que o vampiro diria e descrevendo o que o vampiro faria. A maior parte desse processo é livre - os jogadores podem fazer com que os personagens digam e façam o que quiserem desde que os diálogos e as ações sejam coerentes com a personalidade e as habilidades de cada personagem. Contudo, certas ações são melhores julgadas através do de dados e das regras apresentadas no livro.
Sempre que houver divergência entre as regras e a história, a história prevalece. Use as regras sempre que (ou de preferência apenas quando) elas tornarem mais emocionantes as suas histórias de terror e romance.
Navegando pelo site, você conhecerá um pouco mais sobre a estória do jogo, para poder ambientar melhor suas aventuras. Todo o material aqui contido, com exceção desta página de abertura está exclusivamente igual ao livro Vampiro A Máscara 3ª. Edição em português, cujo direitos autorais pertencem à Devir Livraria Ltda.